Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Parlamento aprova resolução que defende celeridade do Plano de Gestão da Serra do Montejunto

Serra do Montejunto Quartel FAP

O Grupo Parlamentar do PS, através do deputado oestino João Nicolau, defendeu na Assembleia da República que “é urgente a definição de orientações claras”, que garantam a aplicação de medidas de conservação e a salvaguarda dos valores naturais da Serra de Montejunto.

Através de um projecto de resolução aprovado hoje no Parlamento, por unanimidade, o documento também subscrito pelos deputados Nuno Fazenda e Hugo Pires, recomenda ao Governo “a célere elaboração” do Plano de Gestão e cartografia da Serra de Montejunto.

Lembrando a importância da Serra de Montejunto para as populações do concelho de Alenquer, do concelho do Cadaval e, de uma forma geral, para toda a região Oeste, o deputado oestino João Nicolau frisou a riqueza do património biológico, geológico e cultural”, sendo esta uma “área de grande valor natural, polo de grande biodiversidade, riqueza patrimonial e de extrema importância económica e cultural”.

O PS refere ainda o papel da descentralização de competências, de que a Serra de Montejunto tem beneficiado, num grande incremento e esforço de intervenção e coordenação entre os municípios de Alenquer e Cadaval no sentido de reforçar a gestão, a conservação e a valorização do património natural e cultural da Serra do Montejunto.

João Nicolau refere ainda, em nota enviada ao ALVORADA, que “há ainda muito a fazer para garantir a adequada protecção da Paisagem Protegida da Serra de Montejunto, sendo urgente a definição de orientações claras, que garantam a aplicação de medidas de conservação e a salvaguarda dos valores naturais, articulada com todos os intervenientes neste território: populações, ONGA’s, associações culturais e desportivas, associações de baldios existentes, agentes económicos, demais entidades, e em especial com os Municípios de Alenquer e Cadaval, que detêm, à data de hoje, um papel fundamental na conservação e na preservação da Serra de Montejunto”.

A Serra de Montejunto está constituída como Área de Paisagem Protegida desde 1999, integra a lista de sítios da Rede Natura 2000, e está desde 2020 identificada como Zona Especial de Conservação (ZEC).

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Paulo Ribeiro/ALVORADA (arquivo)