Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Peniche: Politécnico de Leiria recebeu visita das secretárias de Estado das Pescas de Portugal e de Angola

Peniche visita IPL 09082021

O Politécnico de Leiria recebeu esta segunda-feira, em Peniche, a visita institucional da secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, e da secretária de Estado para as Pescas de Angola, Esperança Maria Eduardo da Costa. Em comunicado divulgado apenas esta quarta-feira, as duas governantes conheceram a Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) e o Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) do Politécnico de Leiria em Peniche.

Em Peniche, Teresa Coelho e Esperança da Costa fizeram pequenas intervenções, juntamente com o presidente do Politécnico de Leiria, Rui Pedrosa, “tendo sido partilhadas boas práticas no âmbito das políticas do Mar e reforçado o estímulo para a colaboração entre Portugal e Angola no contexto do Ensino Superior”, refere o comunicado do IPLeiria. Acrescenta ainda que “foram equacionadas acções de interesse comum que poderão contar com o envolvimento da ESTM e da unidade de investigação MARE - Politécnico de Leiria, localizada no edifício do CETEMARES”.

Esta visita integrou em Portugal um périplo organizado pela Secretaria de Estado das Pescas, tendo contado, entre outros, com a participação de José Simão, director-geral da Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM), Sérgio Faias, presidente da Docapesca, e Ana Maria Martins, do Conselho de Administração do IPMA - Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Por sua vez, a DGRM expressa em comunicado que “as relações entre Portugal e Angola são já bastante intensas, mas existem ainda oportunidades de aprofundamento da cooperação muito importantes em termos do conhecimento científico do mar, dos procedimentos, da construção e reparação naval e do ordenamento e gestão dos recursos naturais”. Segundo a instituição tutelada pela Secretaria de Estado das Pescas, “as relações históricas e culturais entre os dois países facilitam a cooperação entre as duas tutelas e permitirão aprofundar a partilha de conhecimento e a modernização dos sectores nos dois espaços geográficos”.

Nesta visita da secretária de Estado das Pescas de Angola foram abordadas as perspectivas de maior cooperação em várias áreas relacionadas com o mar, seguida de um conjunto de visitas a instituições e empresas relacionadas com as pescas em Lisboa, Nazaré e Peniche. Para o efeito foram visitadas empresas da fileira do pescado, construção naval, polos de investigação e indústrias associadas. 

Texto: ALVORADA
Fotografia: IPLeiria