Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Autárquicas-Oeste: BE recandidata João Paulo Cardoso à Câmara de Óbidos

eleicoes autarquicas de 2021

O Bloco de Esquerda vai recandidatar à Câmara Municipal de Óbidos, nas próximas eleições autárquicas, o técnico de justiça João Paulo Cardoso, visando aumentar a representação no concelho, defender a transparência e aproximar a política dos cidadãos.

‘Pela Transparência e Participação’ é o lema da candidatura divulgada pelo partido, que concorre pela segunda vez às eleições autárquicas no concelho de Óbidos, tendo como cabeça-de-lista João Paulo Cardoso. “Candidato-me porque vejo que Óbidos precisa de recuperar a estabilidade, defender o ambiente, promover a igualdade e a qualidade de vida”, refere o candidato, num comunicado em que se compromete a, se for eleito, “defender a transparência e aproximar a política dos cidadãos”.

O BE, que em 2017 elegeu João Paulo Cardoso para a Assembleia Municipal de Óbidos (era o quarto da lista para este órgão, sendo actualmente o único deputado presente), defende que o concelho “precisa de se libertar das amarras 'clientelistas' e passar a ter uma gestão autárquica mais transparente e participativa”, que trate as pessoas “como cidadãos de plenos direitos e não apenas como meros residentes ou visitantes”.

A política local deve servir, no entender dos bloquistas, para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e a gestão, e preservar o património público, cultural, histórico e ambiental, bem como “para promover empregos de qualidade, fixar novos residentes e acolher visitantes sem esquecer os que já cá estão e que muito fizeram pelo concelho”, refere o comunicado. Nesse sentido o BE compromete-se a “encontrar novas metodologias participativas de forma a definir prioridades para a política local”, tendo como pilares o fortalecimento do bem-estar das populações, a economia local, o emprego, a saúde pública e a preservação ambiental.

Se for eleito, João Paulo Cardoso pretende reduzir a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI); fortalecer e articular os transportes públicos municipais com os concelhos vizinhos; requalificar espaços verdes e promover a preservação da biodiversidade com interligação à lagoa de Óbidos; criar um centro de interpretação histórico e roteiro turístico no concelho; recuperar aldeias e a cidade romana 'Eburobrittium', tornando-as visitáveis; descentralizar eventos culturais e “privilegiar o turismo em vez do excursionismo”, adiantou.

O BE divulgou ainda que a lista à Assembleia Municipal será encabeçada pelo Manuel Sousa, actualmente desempregado.

João Paulo Cardoso, de 62 anos, é licenciado em Direito - Ciências Jurídico-Políticas pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e técnico de justiça principal no Ministério Público do Tribunal de Caldas da Rainha. Encabeça a lista do BE como independente, depois de em 2017 ter sido eleito por aquele partido à Assembleia Municipal. Também como independente, tinha nas eleições anterior integrado a lista do PS.

Esta é a terceira candidatura a ser anunciada no concelho, depois de o PSD ter divulgado a escolha de Filipe Daniel para liderar a lista concorrente à Câmara e o PS a do actual vereador Paulo Gonçalves. A Câmara de Óbidos é presidida pelo social-democrata Humberto Marques, que em meados de 2020 anunciou a intenção de não se recandidatar. O executivo conta ainda com três vereadores do PSD e três do PS.

Texto: ALVORADA com agência Lusa