Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

PSP revela que deteve 14 pessoas em Torres Vedras e encerrou casino ilegal

PSP arquivo

A PSP revela que deteve 14 pessoas por jogo ilegal na operação de desmantelamento de um casino ilegal em Torres Vedras, anunciou hoje o Comando Metropolitano. No âmbito de uma investigação policial, com mandado de busca do Ministério Público, a PSP "procedeu ao desmantelamento de um casino ilegal a operar na cidade de Torres Vedras, numa operação que decorreu na noite de sexta-feira".

Em declarações à RTP, o proprietário da garagem usada para o jogo, Pedro Vaza, afirmou que "o espaço não se pode equiparar a um casino ilegal", uma vez que não foram encontradas máquinas de jogos, nem quantidades avultadas de dinheiro. O proprietário admitiu que, por juntar algumas pessoas, estaria a violar as regras do decreto do Estado de Emergência por causa da pandemia de Covid-19.

As autoridades policiais encontraram no interior da garagem 14 pessoas, entre os 22 e os 58 anos, que foram detidas em flagrante delito pela prática de jogo ilegal. Os suspeitos foram multados por violarem as medidas em vigor, no âmbito do Estado de Emergência. Metade deles seriam jogadores do Torreense, o que levou, no domingo, o clube de futebol do Campeonato do Portugal a anunciar a abertura de um "inquérito de averiguação" para confirmar se jogadores seus foram detidos nesta operação da PSP. Esta operação que contou com a participação de agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE) e do Corpo de Intervenção (CI) da PSP.

No decurso da busca, a PSP apreendeu 1.150 fichas de jogo 'poker', baralhos de cartas, dispensadores de cartas e mesas de jogo, entre outros meios de prova, revela ainda o comunicado.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: PSP (arquivo)