Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

GNR: Caldas tem o único posto do Oeste com certificação de qualidade nas áreas policial e fiscalização

GNR 20

A GNR tem 12 postos territoriais com a Certificação do Sistema de Gestão da Qualidade, uma atribuição que significa uma “melhoria contínua” no atendimento ao cidadão nas áreas de missão policial e de fiscalização. Na região Oeste foi escolhido o Posto das Caldas da Rainha.

Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que os postos territoriais da GNR de Vendas Novas, Barcelos, Caldas da Rainha, Cantanhede, Castelo Branco, Elvas, Macedo de Cavaleiros, Maia, Oliveira de Azeméis e Santo André foram escolhidos para receberem esta certificação de qualidade.

Segundo o MAI, numa primeira fase, no final de 2019, tinham obtido esta certificação os postos territoriais da Guarda Nacional Republicana de Fátima e Azambuja, elevando agora para 12 o número de postos com a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade ISO 9001/2015, que, no seu conjunto, contam com um efectivo de 364 militares.

O MAI refere que a GNR definiu como âmbito do seu Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ) a melhoria contínua dos seus processos no serviço prestado à população, cuja avaliação é feita nos níveis da qualidade no atendimento ao público, qualidade no patrulhamento e qualidade na fiscalização. O ministério liderado por Eduardo Cabrita sublinha que, no futuro e numa terceira fase, a certificação de qualidade será atribuída a destacamentos territoriais, ou seja, a um nível superior na estrutura da GNR.

O MAI avança que os destacamentos territoriais de Tomar e Alenquer serão os primeiros a obter a Certificação do Sistema de Gestão da Qualidade, o que implicará também a replicação da certificação a todos os postos que integram estes dois destacamentos. “Beneficiando do sistema de apoio à transformação digital da Administração Pública (SAMA2020), a GNR continuará este ciclo com um total de certificações de dois destacamentos territoriais (a que se juntam os seus nove postos territoriais) e outros 30 postos territoriais de 30 destacamentos territoriais localizados um pouco por todo o país”, precisa o MAI.

Segundo o Ministério da Administração Interna, este processo representará a formação e sensibilização de cerca de 1.300 dos 9.375 colaboradores da GNR nos diferentes postos e destacamentos territoriais, abrangendo 815 mil cidadãos (14,60% da população residente na área de jurisdição da GNR) e uma área total de quase 10 mil quilómetros quadrados (mais de 11% da área de jurisdição da GNR).

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Paulo Ribeiro/ALVORADA (arquivo)