Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Instituto Hidrográfico investiga mar entre as Berlengas e o Canhão da Nazaré com apoio da autarquia nazarena

Berlengas 4

A Câmara Municipal da Nazaré e o Instituto Hidrográfico (IH) firmaram uma parceria para o desenvolvimento de um projecto de investigação na área do canhão que gera as ondas gigantes, divulgou a autarquia. O projecto visa a criação de novas estratégias de monitorização na costa portuguesa que permitam aumentar o conhecimento científico sobre o oceano, nomeadamente entre o canhão da Nazaré e a reserva das Berlengas.

No protocolo, a que a agência Lusa teve acesso, a Câmara da Nazaré compromete-se a promover a articulação entre a comunidade local e a equipa técnica do projecto que irá monitorizar e estudar os impactos do canhão “no oceano costeiro envolvente” e em áreas como os recifes artificiais ao largo da praia.

O conhecimento adquirido através do novo projecto “será utilizado como base para delinear futuros programas de monitorização para o oceano costeiro a implementar tanto na área de influência do Canhão da Nazaré, como noutras áreas da costa portuguesa, caso o financiamento seja atribuído”, refere uma nota de imprensa da autarquia.

No âmbito do projecto será instalado um sistema de radar costeiro de alta frequência (constituído por duas antenas, uma na Nazaré e outra em Peniche), que “permitirá a monitorização das correntes superficiais em toda a área, bem como a monitorização da agitação marítima num sector ao largo de cada uma das localizações de cada antena”, estabelece ainda o acordo.

De acordo com o protocolo aprovado na última reunião do executivo, na segunda-feira, trata-se de um sistema que “abre o potencial para um maior apoio em tempo-real” quer às comunidades náuticas locais, desde pescadores, praticantes de surf, de mergulho ou de náutica de recreio.

O projecto vai ser candidatado a fundos comunitários, no âmbito da abertura do Aviso de Concurso Call n.4 Investigação do Programa Crescimento Azul do Mecanismo Financeiro EEA Grants 2014-2021.

Esta é a segunda vez que a autarquia nazarena e o IH estabelecem parcerias em temáticas de interesse sobre o meio marinho ao largo da Nazaré, depois de, entre 2008 e 2011, terem desenvolvido o projecto ‘O Observatório do Canhão da Nazaré’ (MONICAN), que integra a rede de observatórios costeiros europeus. Da parceria resultou ainda a instalação do Centro Interpretativo do Canhão da Nazaré, a funcionar no Forte São Miguel Arcanjo, onde é divulgado o trabalho desenvolvido pelo Instituto Hidrográfico sobre o Canhão da Nazaré, bem como os novos estudos a desenvolver.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Paulo Ribeiro/ALVORADA (arquivo)