Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

‘Tourism Explorers’ está de regresso às Caldas da Rainha: candidaturas encerram dia 7 de Outubro

tourismexplorers

O maior programa nacional de criação e aceleração de startups na área do Turismo está de regresso às Caldas da Rainha pelo 4º ano consecutivo. Esta edição do programa que pretende capacitar os empreendedores de todo o país e ajudar a reduzir as assimetrias regionais tem as inscrições gratuitas abertas até ao dia 7 de Outubro em www.tourismexplorers.pt.

No seguimento da pandemia, “o turismo foi uma das áreas mais castigadas, mas também uma das que continua com enorme potencial. Os activos do turismo continuam todos cá: as pessoas, os monumentos, o clima extraordinário, a cultura e as histórias”, diz António Lucena de Faria, fundador e CEO da Fábrica de Startups. Este responsável afirma que os turistas irão voltar e, por isso, é necessário “ensinar e ajudar as pessoas que querem criar os seus negócios empreendedores” no sector do turismo.

Dividido em ‘Ideação’ e ‘Aceleração’, o ‘Tourism Explorers’ vai decorrer, em simultâneo (através de Live Streaming), em mais 11 cidades portuguesas, para além das Caldas da Rainha: Aveiro, Beja, Coimbra, Covilhã, Évora, Faro, Lagoa (São Miguel), Lisboa, Setúbal, Porto e Viseu.

Na ‘Ideação’, os participantes vão ter de encontrar uma solução inovadora para o desafio que lhes for colocado. Na ‘Aceleração’, as equipas vão ter oportunidade de testar e validar o seu modelo de negócio.

Depois de três edições, a Fábrica de Startups, em parceria com o Turismo de Portugal, volta a apoiar os participantes a: criar novos negócios de sucesso; definir a melhor estratégia para o seu negócio; adaptar o seu negócio a uma nova realidade; e aceder a uma rede única de mentores nacionais, parceiros especialistas no sector, potenciais clientes e investidores. 

Lançado em 2017, o ‘Tourism Explorers’ já envolveu mais de 730 empreendedores, espalhados por 17 cidades, e contribuiu para o desenvolvimento de mais de 290 startups. E, de acordo com o mais recente Relatório de Impacto, 60% das startups que participaram neste programa continuam activas, 23% recebeu algum tipo de investimento e 13% conseguiu internacionalizar o seu negócio, sendo que a maior concentração recai sobre Espanha e o Brasil.

Para a concretização deste programa, a Fábrica de Startups e o Turismo de Portugal contam com o apoio da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste e um conjunto de outros parceiros locais.