Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

COVID-19: OesteCIM anuncia cancelamento de festas, festivais e espectáculos da região até 30 de Setembro

Festas do Concelho 2019

Todas as festas, festivais e espectáculos na região Oeste foram suspensos até 30 de Setembro pelos 12 municípios devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus. A decisão foi tomada pela OesteCIM - Comunidade Intermunicipal do Oeste, através do Conselho Intermunicipal, o órgão executivo que reúne os presidentes de câmara.

A justificação apresentada por esta instituição supramunicipal em comunicado enviado ao ALVORADA, prende-se que o facto das “Festas, Festivais e Espectáculos de natureza análoga não devem ser realizados até 30 de Setembro, pela elevada probabilidade de se tornarem locais de transmissão da infecção por SARS-CoV-2, quer por contacto directo e/ou indirecto”.

Segundo o presidente Pedro Folgado, “a realização deste tipo de eventos após 30 de setembro será objecto de decisão deste Conselho Intermunicipal em conformidade com a evolução da pandemia em Portugal, tendo sempre como suporte racional as evidências científicas disponíveis à data”.

Esta decisão dos autarcas oestinos teve em consideração a decisão do Governo no início do mês, que proíbe a realização de espectáculos, até 30 de Setembro, nomeadamente a realização de “festivais e espectáculos de natureza análoga” e “a adopção de um regime de carácter excepcional dirigido aos festivais e espectáculos de natureza análoga que não se possam realizar no lugar, dia ou hora agendados, em virtude da pandemia”.

O autarca alenquerense que preside ao Conselho Intermunicipal sublinha, no comunicado, que foi considerado que a Covid-19 é uma doença causada pela infecção (SARS-CoV-2) e que “a evidência científica actual assume que este vírus se transmite principalmente através de: 1. Contacto directo: disseminação de gotículas respiratórias produzidas quando uma pessoa infectada tosse, espirra ou fala, que podem ser inaladas ou pousar na boca, nariz ou olhos de pessoas que estão próximas (< 2 metros); 2. Contacto indireto: contacto das mãos com uma superfície ou objecto contaminado com SARS-CoV-2 e, em seguida, com a boca, nariz ou olhos”.

Recorde-se que, antes desta decisão, tomada no passado dia 7 pelos autarcas mas só hoje anunciada oficialmente pela OesteCIM, já algumas autarquias oestinas tinham revelado a anulação de grandes eventos, como é o caso, entre outros, da Feira de São Pedro (Torres Vedras), Mercado Medieval (Óbidos), ExpoLourinhã e Festas da Vila (Lourinhã), Feira da Fruta (Caldas da Rainha) ou Festival do Vinho e da Pêra Rocha (Bombarral).

Texto: ALVORADA. Foto: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo).