Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

COVID-19: Serviço de Urgência Básica do Hospital de Peniche reabre este sábado

Reabertura Hospital de Peniche

Confirma-se que é neste sábado que vai reabrir o Serviço de Urgência Básica do Hospital de Peniche, encerrado desde o passado dia 27 de Março às 23h00, após as autoridades de saúde terem determinado a necessidade dos profissionais de saúde para cumprir o período de quarentena devido a um enfermeiro que foi infectado com o novo coronavírus. Contudo, não serão atendidos doentes com sintomas do novo coronavírus, que serão canalizados para o Hospital das Caldas da Rainha.

Em comunicado emitido ao fim da tarde pela Câmara Municipal de Peniche e pelo CHO – Centro Hospitalar do Oeste, é referido que a reabertura deste serviço no Hospital São Pedro Gonçalves Telmo ocorrerá às 8h00 de sábado, “uma vez que cessará nessa data o período de quarentena referido, não se tendo confirmado o contágio da maior parte dos profissionais”. Recorde-se que temeu-se que o enfermeiro infectado poderia ter contagiado o restante pessoal de saúde com quem esteve de serviço: três médicos, 19 enfermeiros e 10 assistentes administrativos. De acordo com a autarquia, deste grupo registaram-se três casos positivos, sendo que os restantes profissionais, após validação dos testes, deram negativo.

Contudo, as instituições alertam a população que “a Urgência Básica de Peniche não reúne condições para atendimento de doentes com suspeita de infecção Covid-19”. “Não é possível definir circuitos autónomos para casos suspeitos de COVID-19, pela limitação das instalações físicas, não existindo áreas específicas para receber os casos suspeitos, separadas das habituais áreas para receber os restantes doentes com outras patologias”, informa o comunicado. Por este motivo, o Serviço de Urgência Básica do Hospital de Peniche não poderá receber doentes com queixas respiratórias (tosse, febre e falta de ar).

O CHO alerta a população para que todas as pessoas que desenvolvam um quadro respiratório agudo de tosse (persistente ou agravamento de tosse habitual), ou febre (temperatura ≥ 38ºC), ou dificuldade respiratória, não devem dirigir-se à Urgência de Peniche, mas devem ligar em primeiro lugar para a Linha SNS 24 (808 24 24 24). “A Linha SNS24 fará o encaminhamento adequado a cada situação clínica, que poderá implicar o isolamento no domicílio e sob vigilância; a avaliação médica em Áreas Dedicadas Covid-19 nos Cuidados de Saúde Primários (ADC-Comunidade) ou a avaliação médica em Áreas Dedicadas Covid-19 nos Serviços de Urgência dos hospitais (ADC-SU), neste caso em Caldas da Rainha”, sublinha o CHO.

O conselho de administração do CHO, presidido por Elsa Baião, reitera que “está a desenvolver todos os esforços para mitigar os danos associados a esta situação e providenciar nesta fase o mais completo apoio necessário à população que serve, contando com a colaboração dos seus profissionais e de toda a comunidade”. A instituição responsável pela gestão dos três hospitais públicos oestinos salienta ainda “a colaboração inestimável” que tem recebido “da Câmara Municipal de Peniche, da Comunidade Intermunicipal da nossa área de influência e dos Cuidados Primários do ACES Oeste Norte que, em estreita colaboração com o Centro Hospitalar, criou um horário complementar para atender utentes no período de encerramento da Urgência”. Deixa ainda uma mensagem no “sentido do apelo à responsabilidade de todos os cidadãos no combate ao Covid-19, cumprindo as orientações da Direcção-Geral da Saúde” e lamenta “os transtornos causados pelo encerramento da Urgência, mas estamos certos da compreensão da comunidade perante esta situação de extrema contingência”.

Texto: ALVORADA