Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

COVID-19: Hospitais privados de Torres Vedras colaboram com o CHO no âmbito do Plano Municipal de Emergência

covid19

A Câmara Municipal de Torres Vedras definiu, com os responsáveis dos hospitais do concelho e com o Campus Neurológico Sénior, “uma estratégia de actuação em matéria de saúde”, no combate à propagação do vírus Covid-19, tendo sido decidido o encaminhamento de cirurgias urgentes para o Hospital de Torres Vedras. Foram também disponibilizadas 24 camas no Hospital SOERAD de Torres Vedras para doentes menos graves do CHO - Centro Hospitalar do Oeste. Vai também ser feito, com carácter de urgência, o levantamento do número de ventiladores disponíveis e dos recursos humanos que os operam. Até ao princípio da noite não se registava qualquer caso de Covid-19 no concelho de Torres Vedras.

O Plano Municipal de Emergência de Torres Vedras foi activado esta quinta-feira, de forma preventiva, Comissão Municipal de Protecção Civil. Em comunicado divulgado esta noite, a autarquia torriense considera que, da reunião mantida este sábado, foi decidido “melhorar a actuação dos meios de resposta em matéria de saúde e garantir a resiliência do território em caso de propagação do novo coronavírus no concelho”, tendo sido “definida a articulação entre estes meios de resposta e delineada uma estratégia de articulação” com as unidades hospitalares.

Entre as medidas aprovadas consta a criação de um hospital temporário de rectaguarda na Pousada da Juventude de Santa Cruz, que contará com o suporte do Hospital Domiciliário do CHO. Serão também convertidos os pavilhões desportivos do Sporting Clube de Torres e do Externato de Penafirme em hospitais de campanha, cada um com capacidade para 30 camas. “Esta tipologia de hospital será replicada noutros recintos, caso venha a surgir essa necessidade”, regista o comunicado enviado ao ALVORADA.

Foi ainda dado continuidade ao trabalho de prevenção que tem vindo a ser desenvolvido pela Protecção Civil de Torres Vedras, em articulação com o Delegado de Saúde do ACES - Agrupamento dos Centros de Saúde Oeste Sul. Ao longo do dia de hoje foram adoptadas medidas de prevenção adicionais, nomeadamente o encerramento dos serviços abertos ao público da Câmara Municipal, Serviços Municipalizados de Água e Saneamento, Promotorres E.M., Juntas de Freguesia do concelho e Loja do Cidadão de Torres Vedras.

Foi determinado o encerramento ao público dos consultórios médicos, clínicas dentárias, clínicas de fisioterapia e outras actividades de saúde e bem-estar, incluindo terapêuticas não-convencionais. Para responder a situações de urgência de medicina dentária, a ASOT - Associação de Beneficência para a Saúde Oral estará disponível a partir de segunda-feira. Para responder a situações de urgência de oftalmologia, o Hospital CUF de Torres Vedras estará disponível a partir as 14h00 de segunda-feira.

É feita a recomendação aos estabelecimentos de comércio e serviços do encerramento voluntário como medida de preventiva de protecção dos seus trabalhadores e do público em geral, exceptuando-se o comércio de bens alimentares, farmácias e bombas de combustível.

Mantém-se o funcionamento do Mercado Abastecedor e também o Mercado Municipal de Torres Vedras, que funciona em horário alargado até às 19h00 todos os dias, e a sua abertura à segunda-feira. Está também decidido o alargamento de horário que também se aplica aos mercados de Campelos, Ramalhal e Santa Cruz. Mantêm-se operacionais os serviços de abastecimento de água, saneamento, limpeza urbana e recolha de resíduos.

Foi ainda determinada a prorrogação de prazos de processos até 30 de Abril: prazos processuais; prazos de pagamento relacionados com serviços municipais, incluindo os serviços de água e saneamento; e prazos de apresentação de defesa e pagamento de coimas relacionadas com a actividade da Promotorres E.M.

O Município de Torres Vedras recomenda à população em geral o isolamento social voluntário e a adopção de medidas preventivas já divulgadas. Os aglomerados de pessoas deverão ser evitados, ainda que em espaços privados ou em ambiente familiar. Pede-se também à população que respeite os limites determinados para os espaços abertos ao público, nomeadamente restaurantes, bares, cafés, mercearias, minimercados, supermercados e outras grandes superfícies comerciais. “Estão também a ser preparadas medidas que garantam a segurança e normal funcionamento do sector agroalimentar do concelho”, garante a edilidade liderada por Carlos Bernardes.

Texto: ALVORADA