Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

COVID-19: adiado Congresso Federativo do Oeste do PS agendado para o Cadaval

FRO PS 1

O XIX Congresso Federativo da Região Oeste do PS, marcado para o próximo dia 4 de Abril para decorrer no Cadaval, foi adiado devido ao Covid-19. A decisão foi tomada, em Lisboa, pela Comissão Permanente do PS, “depois de uma auscultação realizada a todas as suas federações”, uma vez que estavam agendadas iniciativa semelhantes para todos os distritos do país.

Também as eleições para as federações distritais socialistas e das Estruturas Federativas das Mulheres Socialistas - Igualdade e Direitos, previstas para sexta-feira e sábado, foram adiadas pelo mesmo motivo. O acto eleitoral, na FRO, estava agendado para esta sexta-feira nas nove secções do Oeste das cinco concelhias: Lourinhã, Alenquer, Torres Vedras, Sobral Monte Agraço e Cadaval. Para este congresso serão eleitos 91 delegados, cabendo18 lugares ao PS/Lourinhã. O presidente da COC - Comissão Organizadora do Congresso é o militante lourinhanense Brian Silva, também presidente da Comissão Política do PS/Lourinhã.

No Oeste apresenta-se uma candidatura a presidente da FRO que é protagonizada por Carlos Bernardes, presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, que pretende ser reeleito com a moção de orientação política ‘Oeste Território Sustentável’. O mesmo sucede na eleição para presidente da Estrutura Federativa das Mulheres Socialistas - Igualdade e Direitos da FRO, com a militante lourinhanense Catarina da Silva a apresentar a moção de orientação política ‘Construir o Oeste com Igualdade e Direitos’.

As datas das eleições para os órgãos federativos e para os congressos serão anunciadas oportunamente pela Comissão Permanente do PS. Com esta decisão, a estrutura nacional socialista pretende “contribuir para uma cultura de responsabilidade e de serenidade na informação e no esclarecimento dos seus militantes e simpatizantes face ao momento de especial exigência que o país atravessa”. E, durante este período, pretende “promover a realização de algumas das iniciativas de diálogo com os militantes e simpatizantes através dos meios digitais”.

Texto: ALVORADA