Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

COVID-19: Câmara Municipal de Torres Vedras encerra ao público equipamentos municipais

covid19

A Câmara Municipal de Torres Vedras anunciou esta quarta-feira à noite que, no âmbito da pandemia causada pelo coronavírus Covid-19, decidiu encerrar ao público vários equipamentos municipais e diminuir a actividade municipal. É o primeiro município da OesteCIM - Comunidade Intermunicipal do Oeste a adoptar medidas mais restritivas para combater a propagação deste vírus.

Esta decisão insere-se na activação do Plano de Contingência de Âmbito Municipal de Torres Vedras, aprovado por unanimidade pela Comissão Municipal de Protecção Civil, e as orientações do Delegado de Saúde do ACES - Agrupamento dos Centros de Saúde Oeste Sul. Com esta decisão, a edilidade torriense presidida por Carlos Bernardes pretende “reduzir os riscos de exposição e contágio” por parte da população.

Vão permanecer encerrados ao público no concelho torriense, a partir desta quinta-feira e até ao próximo dia 14 de Abril, os seguintes equipamentos municipais: Arquivo Municipal, Biblioteca Municipal, Centro de Educação Ambiental, Centros de Interpretação (Comunidade Judaica, Linhas de Torres Vedras, Castelo e Paisagem Protegida Local), Galerias Municipais (Paços do Concelho, Atelier dos Brinquedos, Porta 5 e Fábrica das Histórias - Casa Jaime Umbelino), Loja Torres Vedras, Museu Municipal Leonel Trindade, Postos de Turismo de Torres Vedras e Santa Cruz e Teatro-Cine.

Está também suspenso o atendimento presencial em sala no Edifício Multisserviços da Câmara Municipal, devendo ser privilegiadas ferramentas de comunicação como o telefone, o correio electrónico ou a teleconferência. Há ainda a suspensão de todas as actividades e eventos culturais, sociais e desportivos promovidos pelo município em recinto fechado, a suspensão de todas as feiras e da cedência de espaços municipais e de autocarros. Foram ainda suspensas as deslocações ao estrangeiro de membros do executivo municipal e de todos os funcionários da edilidade e vigora também a restrição das deslocações dentro do país “ao estritamente necessário”. A autarquia decidiu igualmente suspender o licenciamento de qualquer tipo de eventos em todo o território municipal. “Estas medidas estão sujeitas a uma avaliação permanente”, sublinha ainda em comunicado a autarquia.

Recorde-se que aparecimento do novo coronavírus levou a Organização Mundial de Saúde a declarar, esta quarta-feira, que se trata de uma pandemia. O novo vírus foi identificado pela primeira vez em humanos no final de 2019, na cidade chinesa de Wuhan, província de Hubei, tendo sido entretanto confirmados casos de infecção em mais de 120 países, entre os quais, Portugal.

Texto: ALVORADA