Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Dino Parque Lourinhã festeja visitante um milhão com a oferta especial de golden ticket

dinoparque

Desde a sua abertura ao público em Fevereiro de 2018, o Dino Parque Lourinhã atinge o visitante um milhão, após quase cinco anos de memórias e histórias para contar, vividas por muitos portugueses e estrangeiros.

No fim de semana de 1 e 2 Outubro, este parque temático festeja este importante marco e, para tal, vai ser oferecido a todos os visitantes um golden ticket, com um desconto de 50% numa próxima visita ao espaço, válido até Janeiro 2023. As crianças até aos 12 anos vão também receber surpresas.

Destes um milhão de visitantes, mais de 150.000 foram fruto do contexto de visitas escolares, "o que atesta novamente o valor pedagógico e educativo do Dino Parque Lourinhã", refere a direcção num comunicado enviado ao ALVORADA. E porque as crianças são importantes para o Dino Parque, "estão também a ser preparados um conjunto de iniciativas para surpreender os mais pequenos e para tornar o dia deles ainda mais feliz".

Luís Rocha, director geral do Dino Parque Lourinhã afirma ser "com orgulho que atingimos a marca de um milhão de visitantes desde a nossa abertura. Conseguimos fazer do Dino Parque um local que reúne famílias, que alia diversão ao conhecimento, com o privilégio de estarmos no meio da natureza a homenagear uma história de milhões de anos. Este projecto é também o reafirmar da Paleontologia em Portugal, e uma referência em toda a Europa no ramo da Investigação Científica. É por isso que, com o alcance desta meta tão desejada de um milhão de visitantes, anunciamos o Golden Ticket, convidando todos a voltar ao Dino Parque Lourinhã. Estamos desejosos de receber o próximo milhão de visitantes".

Segundo o responsável, “este número de visitantes superou as nossas melhores expectativas, principalmente quando pensamos nos enormes desafios que se apresentaram com dois anos de pandemia, que obrigaram o Dino Parque a encerrar durante quase cinco meses”.

E mesmo durante esse período, o Dino parque não deixou de avançar com projectos de Investigação Científica. Sendo uma das missões contribuir para a Ciência em Portugal, com especial enfoque na área da Paleontologia, o trabalho realizado em laboratório resultante da parceria com o GEAL - Museu da Lourinhã e outras entidades da região, é um dos mais importantes trabalhos realizados pelos paleontólogos no Dino Parque Lourinhã. Fruto desse trabalho já foram descobertas espécies únicas como o caso do Plesiopharus moelensis, no ano passado. Além do trabalho científico desenvolvido, o Dino Parque tem protocolado a comparticipação monetária para que o GEAL/Museu da Lourinhã possa continuar com a sua investigação na área da Paleontologia e em novas escavações, num valor comparticipado ascendendo os 250 mil euros.

Sendo a maior exposição temática ao ar livre da Europa, com 10 hectares, o Dino Parque Lourinhã é composto por cinco diferentes percursos que permitem aos visitantes observar mais de 180 modelos de espécies de dinossauros à escala real, bem como animais que habitam o planeta terra desde há 450 milhões de anos.

Para além dos percursos exteriores, o visitante tem ainda oportunidade de visitar, no edifício central do Dino Parque, o live lab e o espaço museológico com a exposição paleontológica 'Dinossauros da Lourinhã' da responsabilidade técnica e científica do Grupo de Etnografia e Arqueologia da Lourinhã (GEAL), onde encontra fósseis verdadeiros e réplicas, sendo o mais emblemático o ninho de ovos de dinossauros com cerca de 150 milhões de anos.

Recorde-se que o Dino Parque Lourinhã é reconhecido com diferentes prémios, entre eles o Prémio 5 Estrelas Regiões na categoria Parques Temáticos pelo 4º ano consecutivo e a distinção dos Travellers Choice Awards da Trip Advisor pelo 3º ano consecutivo.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)