Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

São Lourenço dos Francos: visitas à escavação arqueológica abertas à comunidade

escavacoessaolourenco1sm

Tiveram início esta sexta-feira, dia 15, as visitas à escavação arqueológica que está a decorrer no local contíguo à igreja e cemitério de São Lourenço dos Francos, na União de Freguesias de Miragaia e Marteleira. Abertas a toda a comunidade, as próximas visitas vão decorrer entre as 10h00 e as 13h00 nos dias 20 e 27 de Julho.

Trata-se de um projecto arqueológico em São Lourenço dos Francos que se encontra a ser desenvolvido pelo município da Lourinhã através dos arqueólogos Gerardo Gonçalves e Dina Borges Pereira.

O projecto procurará, em primeira instância, avaliar o potencial arqueológico e patrimonial do sítio e, no essencial, possibilitar a valorização e promoção deste local arqueológico. Terá uma duração de três anos (2022, 2023 e 2024) e contará com a participação de alunos de diversas universidades em Portugal e outros interessados.

Segundo revelou a autarquia lourinhanense, os dados até agora recolhidos permitem, em parte, concluir que se trata de um sítio arqueológico, o qual, provavelmente, recuará até à época romana.

Os trabalhos de arqueologia, que se iniciaram a 7 de Julho, passam por uma escavação arqueológica, inventário, classificação e desenho de artefactos e materiais arqueológicos, implementação das novas tecnologias da informação em Sistemas de Informação Geográfica e fotogrametria, modelos digitais de estruturas e artefactos, entre outros procedimentos e atividades.

Até ao momento a equipa já conseguiu recolher perto de 700 materiais arqueológicos, nomeadamente moedas, asas de jarros e alguns fragmentos de taças e pratos. Antes disso, em 2017 foram descobertas no local duas lagaretas por ocasião do início da construção de um crematório naquele local, cujo processo foi interrompido devido a este achado.

escavacoessaolourenco2sm

Em cada campanha anual de escavação, com duração de cerca de quatro semanas, decorrerão visitas ao local, workshops e actividades diversas, uma vez por semana, dirigidas à população. Nestas visitas, os participantes poderão ficar a conhecer melhor a Arqueologia, enquanto ciência que estuda as culturas e os modos de vida das diferentes sociedades humanas, os seus métodos e objectivos, as novidades arqueológicas e o esclarecimento de questões sobre o património e o sítio arqueológico em si.

Texto: ALVORADA
Fotografias: Sofia de Medeiros/ALVORADA