Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Festival da Água regressa este fim-de-semana ao Parque da Fonte Lima após dois anos de interregno

festivalagua

Após dois anos de interrupção devido às restrições causadas pela Covi-19, o Parque da Fonte Lima, na freguesia de Santa Bárbara, volta a receber mais uma edição do Festival da Água, que decorrerá entre 10 e 12 deste mês. A organização do certame tem sido do executivo da Junta de Freguesia de Santa Bárbara, mas este ano e pela primeira vez, é liderada pelo lourinhanense Pedro Antunes. No entanto, a equipa da organização do evento estende-se a dezenas de voluntários, de dentro e de fora da freguesia, que participam na organização, desde o planeamento, passando pela montagem do recinto e os dias do certame e até após o mesmo terminar.

Segundo explicou Pedro Antunes, o actual executivo tem feito parte dessa equipa e acaba por ser apenas uma mudança institucional nos responsáveis do evento. “As expectativas são as maiores, especialmente porque todos sentimos que o Festival da Água tem sido desejado durante esta ausência e também porque a freguesia, o concelho e a região, necessita e merece voltar a ter a dinâmica gerada por este tipo de eventos”, frisou o responsável. Para a concretização do evento, a organização prevê um orçamento entre os 8 e 9 mil euros, “que se divide entre o importante apoio dos nossos patrocinadores, da Câmara Municipal da Lourinhã, e de verba da Junta de Freguesia prevista em orçamento”, explicou Pedro Antunes.

Nesta sétima edição do Festival da Água os visitantes podem esperar, segundo Pedro Antunes, a dinâmica e conceito diferenciadores “a que nos temos habituado”. É um evento para todas as faixas etárias, “diferente pelo que oferece e pela beleza do Parque da Fonte Lima, mas sobretudo, diferente por uma energia que se gera, fruto de todas essas actividades que oferecemos, em combinação com o espírito de serviço e ajuda de todos os que apoiam, preparam e participam o Festival da Água”.

Este ano haverá novamente a grande atração do evento, que é a Pista de Slip&Slide e que faz o deleite de miúdos e graúdos. Além disso, haverá animação musical, prova de vinhos e aguardente, ‘workshops’ e colóquios, a tradicional caminhada, passeio de motas clássicas, uma exposição fotográfica com um tema que muito diz à identidade da freguesia, o desfile ‘Horse Mode’l, oferta gastronómica, mostra de artesanato e muitas actividades físicas. Como já vem sendo hábito, o evento encerra com a Batalha de Balões de Água.

Segundo ainda Pedro Antunes, a novidade é sempre o próprio Festival da Água. “O conceito do Festival da Água tem sido mostrar o melhor que tem a nossa terra e as nossas gentes e também manter e melhorar as actividades que já fazem parte da identidade do festival”. Depois, de edição para edição, “procuramos sempre inovar em todas as componentes do evento, desde a gastronomia, à oferta musical, todas as actividades e a própria sustentabilidade ambiental do mesmo, onde nesta edição se destaca a existência do copo reutilizável”, concluiu.

Texto e fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA