Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Luís Montenegro venceu na Lourinhã as eleições directas para presidente do PSD 

Luis Montenegro 28052022 Lusa

O candidato social-democrata Luís Montenegro venceu destacadamente no concelho da Lourinhã, tal como no resto do país, tendo recolhido 42 votos, enquanto que Jorge Moreira da Silva teve apenas 20, naquelas que foram as eleições para a presidente do PSD. Registou-se ainda um voto nulo.

O social-democrata Luís Montenegro foi hoje eleito 19.º presidente do PSD com 73% dos votos, vencendo as eleições directas a Jorge Moreira de Silva, que alcançou apenas 27%, segundo os resultados provisórios anunciados pelo partido. “Declara-se neste momento Luís Montenegro presidente eleito do PSD e que assumirá funções no próximo congresso”, anunciou o presidente do Conselho de Jurisdição Nacional do partido, Paulo Colaço, numa declaração na sede do PSD, em Lisboa. Segundo os resultados provisórios anunciados, Luís Montenegro alcançou 73% dos votos e Jorge Moreira da Silva 27%, com a abstenção nesta altura a rondar os 35%.

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro e o antigo vice-presidente Jorge Moreira da Silva disputaram hoje a presidência do partido em eleições directas em que podiam votar mais de 44 mil militantes. A manter-se esta tendência, é provável que se registe nestas diretas a maior diferença de sempre entre o primeiro e o segundo candidato.

Até agora, esta tinha sido alcançada nas directas de 2010, disputadas entre Passos Coelho, Paulo Rangel, José Pedro Aguiar-Branco e Castanheira Barros: a diferença entre o primeiro e segundo candidatos foi de quase 27 pontos percentuais, com o antigo primeiro-ministro a recolher mais de 61% dos votos e o eurodeputado 34,4%.

Pelo contrário, a vitória de Rui Rio sobre o eurodeputado Paulo Rangel, em 27 de Novembro do ano passado, foi a mais curta de sempre em eleições directas no PSD: apenas 1.746 votos separaram os dois candidatos, ainda menos do que a distância entre Rio e Montenegro em 2020 (2.071).

De acordo com o ‘site’ do PSD, o universo eleitoral para as 11.ª eleições diretas do partido rondava os 44.300 militantes, aqueles que têm as quotas em dia para poder votar e escolher o 19.º presidente do partido.

Na concelhia da Lourinhã foram também eleitos os dois delegados ao próximo congresso nacional do PSD, que se realiza no Porto, tendo a lista liderada por Orlando Carvalho recolhido 31 votos, enquanto que a lista de Mafalda de Taborda Lourenço ficou com 29.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Direitos Reservados