Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Sofia Rubina Fernandes distinguida com o ‘Prémio Carreira Alumni 2021’ do Instituto Politécnico de Leiria

sofiarubinafernandes

Sofia Rubina Fernandes, residente na Lourinhã há vários anos, foi distinguida com o ‘Prémio Carreira Alumni 2021’ atribuído pelo Instituto Politécnico de Leiria como diplomada da Escola Superior de Saúde de Leiria. A cerimónia decorreu esta terça-feira, dia 9, no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, inserida na sessão solene de abertura do Ano Académico 2021/2022 da instituição.

O Politécnico de Leiria distingue anualmente antigos estudantes, um de cada escola, que se tenham evidenciado pelo seu percurso profissional e cívico, apresentando-se como um exemplo para os seus pares e para a sociedade.

Ao ALVORADA, Sofia Fernandes afirmou estar sem palavras com esta distinção. “É certo que trabalhei noite e dia, foi um desafio enorme porque a prioridade são os meus quatro filhos, mas especialmente dois que requerem muito mais cuidados com a sua luta pela vida, com centenas de consultas e exames, dezenas de internamentos do Mateus e da Elizana, duas cirurgias cardíacas, resgate de emergência à Guiné-Bissau, uma pandemia que me levou a gerir quatro estudantes à distância, voluntariado, marido a trabalhar por turnos, etc”.

A distinguida afirmou ter faltado muitas vezes às aulas. Contudo fez todas as frequências e trabalhos, “muitos deles nos internamentos noites fora”. “Em todos os momentos fiz o meu melhor e, ainda assim, no meio desta vida atribulada, fui a aluna com as melhores notas. Diploma com 18 valores”.

Segundo a técnica superior de Alimentação Saudável, na saúde há sempre imensas pessoas a fazer coisas maravilhosas, “pelo que foi totalmente inesperado para mim”. A distinguida confessa que leva amigos para a vida, professores que foram e são verdadeiros mestres e destaca o conhecimento que teve oportunidade de receber bem como gratidão por fazer parte da família que é o Politécnico de Leiria. “Eu gostaria muito de prosseguir os estudos universitários. Quem sabe um dia volto a ter a felicidade de receber outro diploma”, concluiu.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Direitos Reservados