Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Assembleia Municipal da Lourinhã reúne pela última vez neste mandato

cml

A última sessão do presente mandato da Assembleia Municipal da Lourinhã vai decorrer esta noite no Salão Nobre dos Paços do Município, com início às 21h00 e transmissão directa na página do Facebook da edilidade. Devido às medidas de combate à pandemia de Covid-19, a intervenção do público nesta sessão ordinária é presencial, mas limitada ao máximo de três inscrições individuais, mediante inscrição prévia até ao dia de ontem.

Para além da apreciação da habitual informação escrita do presidente do executivo camarário, João Duarte Carvalho, os membros da Assembleia Municipal têm uma sessão com seis pontos inscritos na ordem de trabalhos. Destaca-se a votação da proposta do Regulamento do Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios da Lourinhã e a integração do Município da Lourinhã na AGEO - Associação Geoparque Oeste, entidade sediada na nossa vila que alterou os estatutos.

Os deputados municipais são ainda chamados a votar a segunda alteração ao mapa de pessoal para 2021 e a terceira revisão ao Orçamento e às Grandes Opções do Plano para 2021. Vai ainda ser analisada a informação da Divisão Administrativa e Financeira relativa à ‘Posição de compromissos plurianuais assumidos entre 15 de Maio e 18 de Agosto.

Presidida pelo socialista António Alberto Santos, que não se recandidata a este órgão municipal nas próximas eleições autárquicas agendadas para o próximo dia 26, serão muitos os autarcas que farão as despedidas nesta sessão, enquanto que outros irão, seguramente, ser reeleitos para mais um mandato de quatro anos, por integrarem as listas de vários partidos concorrentes ao próximo acto eleitoral. Recorde-se que o PS conquistou a maioria neste órgão autárquico, contando com 10 eleitos (mais cinco presidentes de juntas de freguesia), seguindo-se o PSD com 9 deputados municipais (mais três presidentes de juntas de freguesia), o CDS/PP com um eleito, tal como a CDU.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)