Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

União de Freguesias de Miragaia e Marteleira recebe primeiro Balcão SNS24 do sul do Oeste

Balcao SNS24 Miragaia Marteleira

O primeiro SNS24 Balcão no concelho da Lourinhã está agora disponível, a partir de hoje, no espaço da União de Freguesias de Miragaia e Marteleira. É o resultado da assinatura de um protocolo de cooperação assinado esta manhã entre esta autarquia, o Município da Lourinhã, o ACES - Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Sul, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde. Trata-se do primeiro serviço que abre ao público na área do ACES Oeste Sul, que tutela os cinco centros de saúde dos concelhos de Lourinhã, Cadaval, Sobral de Monte Agraço, Mafra e Torres Vedras. O SNS Balcão funciona na delegação da Marteleira da União de Freguesias.

Na sessão inaugural deste serviço público, para o qual não foi convidada a comunicação social, foi dada como justificação para a UF de Miragaia e Marteleira receber o SNS24 Balcão com a “necessidade de abranger, o mais possível, toda a área geográfica do concelho com serviços de saúde”, justificou o presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, João Duarte Carvalho, citado numa nota de imprensa enviado ao ALVORADA. Ainda segundo o comunicado, Joaquim Moura, presidente do Conselho Clínico do ACES Oeste Sul, considera que “a União de Freguesias de Miragaia e Marteleira e o concelho da Lourinhã passam a dispor de uma boa ferramenta e que o Centro de Saúde da Lourinhã vai também beneficiar com este equipamento”. Não foram revelados ainda os contornos do acordo, nomeadamente ao nível de custos e recursos humanos.

Neste Balcão SNS24, o utente pode marcar consultas, renovar receitas de medicamentos, realizar teleconsultas, aceder a guias de tratamento entre outras opções, evitando a ida ao Centro de Saúde. Trata-se de um novo espaço para facilitar o acesso dos cidadãos, via digital, a vários serviços do Serviço Nacional de Saúde, auxiliando aqueles que não dominam os meios digitais ou mesmo não tenham acesso a equipamentos tecnológicos ou internet. No âmbito dos serviços que podem ser prestados ao utente, incluem-se, entre outros, consultas (marcar, desmarcar e remarcar), teleconsultas (marcar e realizar), exames (consultar resultados), guia de tratamento (consultar), receitas de medicamentos (renovar e consultar), informação de saúde, realizar chamada para o SNS24, pedir isenção de taxas moderadoras por insuficiência económica e teleconsultas (marcar e realizar).

Texto: ALVORADA
Fotografia: CML