Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Assembleia Municipal da Lourinhã reúne este sábado em sessão ordinária

cml

A Assembleia Municipal da Lourinhã vota este sábado, dia 19, a atribuição da Medalha Municipal de Honra ao Pe. Joaquim Batalha, presidente do conselho de administração da Fundação João XXIII/Casa do Oeste e pároco de Ribamar, e, ainda, ex-director do ALVORADA. A proposta foi aprovada pelo executivo camarário e o galardão visa distinguir actos ou serviços meritórios, praticados no exercício de quaisquer funções, públicas ou privadas, que revelem abnegação em favor do Município da Lourinhã, das suas populações ou comunidades.

A sessão da Assembleia Municipal, que decorrerá no Salão Nobre dos Paços do Município a partir das 15h00, conta com seis pontos na ordem de trabalhos. Destaque ainda para a votação do acordo de cooperação a celebrar entre o Câmara Municipal da Lourinhã e a Junta de Freguesia da Lourinhã para a execução de obras de reabilitação no imóvel onde será reinstalado o Posto da GNR, junto à Sede das Colectividades e Escola Básica desta vila, que estão orçadas em cerca de 22 mil euros.

Outro assunto que será alvo de deliberação diz respeito à renovação do acordo de cedência do Forte de Nossa dos Anjos de Paimogo e antigo Posto da Guarda Fiscal de Paimogo, com o Ministério da Administração Interna. O objectivo, segundo o executivo, passa por “apresentar uma candidatura permitindo a conservação do forte e a reconversão de todo o espaço envolvente”. Para o efeito será assumida formalmente uma parceria institucional com o Laboratório Nacional de Engenharia Civil, a COFAC - Cooperativa de Formação e Animação Cultural - Universidade Lusófona, o Centro de Estudos Históricos da Lourinhã e a União das Freguesias de Lourinhã e Atalaia, no âmbito da submissão da candidatura ‘Coastal Memory Fort’ para permitir a obtenção de financiamento internacional pelo Programa Cultura do ‘EEA Grants’.

Os deputados municipais são ainda chamados a votar os documentos de prestação de contas e o relatório de gestão referentes a 2020.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)