Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Postos de Turismo da Lourinhã e Praia da Areia Branca e Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro reabriram hoje ao público

reaberturapostoturismolnh

Reabriram ao público esta terça-feira, dia 27, três equipamentos turísticos do Município da Lourinhã: o Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro (CIBV), o Posto de Turismo da Praia da Areia Branca e o Posto de Turismo da Lourinhã, cumprindo todas as normas e recomendações emanadas pela Direcção-Geral da Saúde no âmbito da pandemia Covid-19.

Recorde-se que o Posto de Turismo da Lourinhã foi alvo de obras de requalificação e melhorias com o objectivo de fomentar e possibilitar a visitação de todos os cidadãos e oferecendo conforto e acessibilidade. Num comunicado enviado ao ALVORADA, o Município da Lourinhã refere que as obras permitiram que o espaço cumpra todas as normas de acessibilidade, nomeadamente na alteração da localização da entrada e na criação de uma rampa de acesso ao mesmo, na substituição das caixilharias existentes, na criação de uma antecâmara envidraçada que serve de resguardo ao interior do posto, na eliminação dos degraus existentes no alçado frontal, na substituição do revestimento do pavimento, entre outras.

Para além da alteração física do espaço, também o mobiliário, nomeadamente o balcão de atendimento, foi adaptado para receber pessoas com mobilidade condicionada. O interior conta ainda com uma estrutura decorativa constituída por peças de madeira, decorada com plantas verticais artificiais, que constitui um fundo de enquadramento a um modelo de dinossauro Allosaurus.

O CIBV beneficiou também recentemente de um conjunto de intervenções em virtude da candidatura à Linha de Apoio ao Turismo Acessível do Turismo de Portugal e é, actualmente, segundo a autarquia, um espaço de referência no âmbito da acessibilidade e inclusão. No período de confinamento, para além do acompanhamento dos investimentos que vão ser realizados no âmbito das candidaturas Rede Temática das Invasões Francesas do Turismo de Portugal e Renovação de Aldeias da Leader Oeste, “fez-se todo um trabalho de limpeza e manutenção do espólio, estando este último trabalho em fase de finalização”.

Também neste período foram colocadas três réplicas 3D, em tamanho real, de um soldado das Invasões Francesas. Trata-se da mascote do CIBV, o soldado António Agostinho, “que ganha vida para honrar a gloriosa Batalha do Vimeiro”. O nome António é uma homenagem ao Santo António de Lisboa. Durante as Invasões Francesas este santo fazia parte do Regimento nº 19 e a imagem do santo era levada para as batalhas em cima de uma mula. O nome Agostinho deve-se ao facto de a Batalha do Vimeiro ter acontecido no mês de Agosto e também porque o CIBV se localiza na Rua Agostinho Estêvão.

Estas réplicas podem também ser encontradas na Praia da Areia Branca e na Estação Rodoviária da Lourinhã e foram executadas no âmbito dos investimentos da Linha de Apoio à Sustentabilidade do Turismo de Portugal.

O Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro funciona de terça-feira a sábado das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Os postos de turismo encontram-se em funcionamento de segunda-feira a sábado, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros