Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância: laços azuis distribuídos pelo comércio tradicional

distribuicaolacosazuis

No âmbito do mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância, a CPCJ - Comissão de Protecção das Crianças e Jovens da Lourinhã está a proceder, esta segunda-feira, à colocação de laços azuis nas montras do comércio tradicional no centro das vilas da Lourinhã, de Ribamar e da Moita dos Ferreiros.

O Município da Lourinhã voltou a associar-se à campanha de prevenção dos maus tratos na infância, promovida pela Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Protecção das Crianças e Jovens, através da colocação de um laço, em leds azuis, na entrada da sede do edifício da autarquia.

Esta campanha, que decorre anualmente, visa alertar a sociedade para este problema, que atinge tantas crianças. O ‘Movimento Laço Azul’ nasceu em 1989, na Virgínia, Estados Unidos. Este movimento conta a história de Bonnie W. Finney, que tomou a iniciativa de colocar uma fita azul na antena do seu carro, de modo demonstrar a sua dor face aos acontecimentos trágicos de que tinham sido vítimas os seus netos. As crianças tinham sido maltratadas pela mãe (filha de Bonnie) e pelo namorado e o azul representava as nódoas negras espalhadas pelos pequenos e delicados corpos. Uma das crianças terá morrido vítimas das agressões. Rapidamente, o movimento ganhou dimensão mundial.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA