Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Covid-19: Pavilhão Desportivo da Casa do Povo da Lourinhã recebe centro de vacinação público

centro de vacinas covid 19 Lourinha

O Pavilhão Desportivo da Casa do Povo da Lourinhã vai acolher um centro de vacinação do Serviço Nacional de Saúde para a Covid-19. O pedido do ACES - Agrupamento dos Centros de Saúde Oeste Sul - organismo dependente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo - foi deferido pela Câmara Municipal da Lourinhã, que indicou este espaço na vila para receber esta estrutura de apoio, no âmbito do combate à pandemia causada pelo vírus SARS-CoV-2. A infraestrutura desportiva foi alugada à associação à pela autarquia para este efeito.

Segundo esclareceu uma fonte oficial da edilidade ao ALVORADA, “o processo de vacinação é da inteira responsabilidade da tutela (Ministério da Saúde), não tendo a autarquia, nesse particular, qualquer competência”. Até ao momento não está ainda definida uma data de entrada em funcionamento, sendo que “relativamente ao horário estabelecido, será ajustado pelo Centro de Saúde em função das quantidades recebidas de vacinas para administração diária, podendo funcionar em regime alargado durante o dia e mesmo ao fim-de-semana”. O espaço está ajustado para uma capacidade diária de resposta de cerca de 240 pessoas e, de acordo com as regras estabelecidas pela Direcção-Geral da Saúde, terá um circuito diferenciado de entrada e saída dos utentes.

A gestão deste Centro de Vacinação Covid-19 no Pavilhão Desportivo da Casa do Povo será gerido pelo Centro de Saúde da Lourinhã, enquanto entidade responsável pelo processo de vacinação e operacionalização do mesmo, “articulando de forma permanente todas as questões operacionais com a Coordenação Municipal de Protecção Civil”, adiantou a edilidade. “Nesta altura será o único centro de vacinação que dará resposta ao pedido solicitado”, adiantou ainda a mesma fonte ao nosso jornal. A Câmara Municipal da Lourinhã vai gastar nesta fase cerca de 15 mil euros, valor que abrange também os gastos com a adequação do espaço através da montagem de todas as infraestruturas necessárias para a realização desta operação inédita de saúde pública.

Recorde-se que, inicialmente, estava apenas prevista a utilização do Centro de Saúde da Lourinhã para a vacinação contra o SARS-CoV-2 mas, com as novas orientações da DGS emanadas da ‘Task-Force’, o Ministério da Saúde estipulou novas regras para “a campanha de vacinação em massa” para responder ao volume de vacinas contratadas pelo Estado português no programa de aquisição da União Europeia e que, entretanto deverá aumentar consideravelmente nos próximos meses. Daí ter surgido o pedido de apoio à Câmara Municipal da Lourinhã pelo ACES Oeste Sul, para a criação de um Centro de Vacinação Covid-19 (CVC), “por forma a garantir a aceleração e massificação progressivas da vacinação” contra a pandemia.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA