Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Iniciativa desenvolvida pela Delegação da Lourinhã da CVP: testes à Covid-19 no Posto de Testagem em Porto Dinheiro

testescovidcruzvermelha

A Delegação da Lourinhã da Cruz Vermelha Portuguesa está a realizar testes à Covid-19, na sede da delegação no antigo Posto Fiscal, em Porto Dinheiro, na freguesia de Ribamar. A funcionar desde o passado dia 2, os testes são realizados às terças-feiras das 18h00 às 20h00, às quintas-feiras das 8h00 às 15h00 e aos sábados das 14h30 às 18h30.

Como explicou ao ALVORADA a coordenadora local de emergência da CVP, numa primeira fase vão ser realizados os testes de antigénio de leitura rápida. Trata-se de testes em que é colhida amostra nasofaríngea através de zaragatoa que, após sujeita a um reagente, dá um resultado entre 15 a 20 minutos com uma sensibilidade de 93 a 97% de eficácia. Embora menos sensível que o teste RT-PCR (teste molecular), “este tem a grande vantagem de, pela rapidez do resultado, nos permitir rapidamente identificar e isolar potenciais infectados, quebrando assim a cadeia de transmissão”, explicou Aida Carolo.

Idealmente e no sentido de reduzir tempos de espera, os interessados deverão efectuar marcação prévia ‘online’ em www.testescovidcvp.pt ou ligando 1415. No entanto, qualquer utente que apareça nos horários indicados, mesmo sem marcação, será atendido. “Qualquer cidadão poderá realizar o teste e, a ser feito particularmente, o mesmo tem um custo de 20 euros, mas com requisição do Serviço Nacional de Saúde (SNS) é gratuito”, explicou Aida Carolo. Há também a possibilidade de activar a Brigada Móvel da CVP da Lourinhã, quer para utentes com impossibilidade de se deslocarem ao posto de testagem, quer para empresas ou outras instituições que queiram testar grupos de pessoas.

Este equipamento, solicitado pela Autoridade de Saúde Local e implementado pela Cruz Vermelha Portuguesa da Lourinhã, contará com o apoio da autarquia na cedência de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), aos técnicos que tiverem necessidade de se deslocar para realização de testes em IPSS’s ou em casa de cidadãos com mobilizada reduzida.

Texto: Sofia de Medeiros/ALVORADA
Fotografia: Direitos Reservados