Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Município da Lourinhã vai restituir valores dos serviços de apoio à família

cml

A Câmara Municipal da Lourinhã vai restituir os valores cobrados pelos serviços de apoio à família, concretamente as Actividades de Animação e Apoio à Família (AAAF), Componente de Apoio à Família (CAF) e refeições escolares. Em causa está o encerramento destes serviços, no passado dia 22, decorrente do aumento de casos de infecção da pandemia de Covid-19, que levou ao encerramento das escolas.

Em comunicado enviado pela autarquia ao ALVORADA, “estão a ser equacionadas as melhores soluções, com vista à restituição dos valores pagos pelos serviços não prestados”. A edilidade adianta ainda que, caso existam valores a creditar, referentes a facturas de meses anteriores, os mesmos serão igualmente restituídos.

A Componente de Apoio à Família (CAF) destina-se aos alunos do 1º Ciclo. O custo desta modalidade de apoio é suportada pelas famílias, de acordo com a declaração do abono de família, emitido pela Segurança Social, ou pelo serviço competente no caso dos funcionários públicos.

Já as Actividades de Animação e de Apoio à Família (AAAF) abrangem 12 jardins-de-infância, num total de 247 crianças inscritas, permitindo uma taxa de cobertura de 58 %, segundo dados da autarquia. Foram constituídos grupos para usufruírem das actividades lúdico-expressivas em todos os jardins-de-infância do concelho mas são opcionais.

No caso do fornecimento das refeições escolares são abrangidas as crianças da educação pré-escolar e alunos do ensino básico e secundário da rede pública do concelho. O serviço é realizado nas cantinas das escolas EB1 da Lourinhã, EB1 de Moita dos Ferreiros, EB1 de Reguengo Grande, EB 2,3 na Lourinhã, EB 2,3 em Miragaia, EBI de Ribamar e Escola Secundária. As refeições são transportadas a quente para os refeitórios dos restantes estabelecimentos de educação e do 1º ciclo do ensino básico do concelho.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)