Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Creche do Centro Social e Cultural de Ribamar reabriu as portas após luz verde das autoridades

crecheribamar

A Creche do Centro Social e Cultural de Ribamar reabriu na passada sexta-feira, dia 18, depois de ter estado encerrada por não estarem reunidas as condições ideais de funcionamento no âmbito das regras impostas pela Direcção-Geral de Saúde face à pandemia de Covid-19.

A instituição iniciou o ano lectivo 2020/2021 na data prevista, no passado dia 1, mas uma vistoria conjunta do Serviço Municipal de Protecção Civil, Autoridade de Saúde Local e Segurança Social, fez com que as portas voltassem a encerrar no mesmo dia.

Alípio Silva, presidente da direcção da instituição ribamarense referiu ao ALVORADA que na altura foram feitas diversas exigências, nomeadamente ao nível do mobiliário - que tem que ser lavável - e da marcação do espaço de circulação, o que obrigou a um gasto financeiro elevado por parte do CSCR para poder dar resposta ao solicitado pelas autoridades.

Após nova vistoria, realizada no passado dia 15, houve autorização para o retomar do normal funcionamento da creche e do Centro de Actividades de Tempos Livres (CATL) onde se juntam diariamente 74 crianças. “Está tudo tranquilo e a decorrer dentro da normalidade”, confirmou Alípio Silva ao nosso jornal.

Com as portas fechadas continuará o Centro de Dia e de Convívio do CSCR, até que estejam concluídas as exigências feitas durante a mesma vistoria das autoridades. Em causa está um conjunto de normas, nomeadamente “com a circulação no espaço e com as portas que têm que abrir para fora”, explicou Alípio Silva. Essas alterações, sublinha, só podem ser atendidas mediante apoios oficiais ou particulares. Sendo a instituição uma IPSS, “não temos ‘pé de meia’ e essas alterações têm que ser feitas com apoios monetários”, justificou o dirigente associativo. Contudo, todos os utentes do Centro de Dia e de Convívio estão a receber apoio no domicílio desde o início da pandemia.

Por outro lado, continua encerrado o Prolongamento do Pré-Escolar, que acolhe 24 crianças dos 3 aos 6 anos, onde são asseguradas as refeições e a componente de apoio à família. A reabertura está a ser tratada pela direcção do CSCR com a Câmara Municipal da Lourinhã.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA (arquivo)