Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Praia da Areia Branca recebeu final distrital de Lisboa do concurso ‘7 Maravilhas da Cultura Popular’

setemaravilhaspab

A Praia da Areia Branca recebeu a final distrital de Lisboa do concurso ‘7 Maravilhas da Cultura Popular’ que decorreu durante o dia 12 de Agosto, onde os sete finalistas estiveram representados a dar a conhecer cada um dos seus patrimónios.

O vencedor foi o evento ‘Colete Encarnado’, de Vila Franca de Xira, que passou automaticamente à próxima fase. O segundo classificado, 'Festas de Santo António' (Lisboa), foi anunciado no programa que se realizou esta sexta-feira, dia 14, e passou ao programa de repescagem. As restantes cinco classificações não foram divulgadas.

Recorde-se que o Município da Lourinhã candidatou a ‘Recriação Histórica e Mercado Oitocentista’ a este concurso mas não conseguiu votos suficientes para passar à próxima fase.

Durante o dia, foram vários os lourinhanenses que passaram pelo palco deste programa da RTP1, apresentado por Vanessa Oliveira e por José Pedro Vasconcelos. Foram eles o presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, João Duarte Carvalho, o vereador João Serra, o padrinho da iniciativa lourinhanense, Chakall, Nádia Santos da Adega Cooperativa da Lourinhã, Colegiada de Nossa Senhora da Anunciação, Pedro Pereira do Foz Restaurante, os acordeonistas Rodrigo Maurício e Manuel Luís, os artesãos Mário Estanislau, Rui Mário Cruz (Ruiart), Salvador Ferreira e José Francisco e Sílvia Baptista da empresa Doce Lourinhã.

Ao longo do programa esteve ainda em destaque Ana Bento do Centro de Interpretação da Batalha do Vimeiro com a apresentação do evento ‘Recriação Histórica & Mercado Oitocentista’, os elementos da Associação para a Memória da Batalha do Vimeiro, o director científico do Dino Parque da Lourinhã, Simão Mateus, João Leirão que falou sobre a Mostra de Arte Pública do Moledo que contém cerca de 45 obras, maioritariamente alusivas a Pedro e Inês, o Vale da Cornaga no Reguengo Grande, apresentado por Ana Barros, presidente da Junta de Freguesia local, e os Moinhos de Vento da Pinhôa, através da presidente da Junta de Freguesia da Moita dos Ferreiros, acompanhada por Valentim Nunes (Moinho do Boneco na Moita dos Ferreiros), Cesário Silva (Moinho do Xico na Pinhôa e António Pedro (Moinho de Santa Maria na Pinhôa).

A concurso nesta final regional estiveram ainda o 'Carnaval de Torres Vedras', as 'Festas do Império do Divino Espírito Santo' (Alenquer), a 'Procissão de Nossa Senhora da Praia' (Sintra), e a 'Plantação da Vinha Ramisco de Colares' (Sintra).

Das 504 candidaturas submetidas ao concurso deste ano, o Painel de Especialistas elegeu sete patrimónios de cada região, num total de 140 finalistas regionais, que estão a participar nas respectivas eliminatórias, em directo desde 7 de Julho na RTP1 e RTP Internacional.

Segue-se um programa de repescagem, a realizar no dia 16 de Agosto, onde o voto popular decidirá quais os oito repescados, a partir dos 20 segundos classificados nas finais regionais. Estes 28 semi-finalistas serão distribuídos por critérios de proximidade geográfica, em duas semi-finais, que irão apurar os 14 finalistas, a realizar nos dias 23 e 30 de Agosto. A 5 de Setembro será efectuada a Declaração Oficial das 7 Maravilhas da Cultura Popular - SICAL, na RTP.

Este ano o concurso é dedicado à Cultura Popular, procurando-se patrimónios culturalmente mais relevantes, avaliando a sua importância enquanto manifestação cultural que contribua para elevar a cultura popular a um patamar de causa pública, destacando a importância cultural do património, demonstrando a sua relação com a comunidade nos dias de hoje ou no passado, a sua importância na dinamização do turismo e o impacto na economia.

Texto e fotografia: Sofia de Medeiros/ALVORADA