Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

COVID-19: Comissão Municipal de Protecção Civil da Lourinhã avaliou pandemia

Proteccao Civil Lourinha 1

A Comissão Municipal de Protecção Civil da Lourinhã reuniu esta sexta-feira nos Paços do Município para avaliar a situação actual do concelho face à pandemia do Covid-19. A reunião, que decorreu à porta fechada e da qual não foi dado conhecimento à comunicação social, foi conhecida publicamente através de um comunicado da edilidade na sua página oficial do Facebook.

Segundo o relatado da autarquia nesta rede social, estiveram presentes responsáveis da Assembleia Municipal, juntas de freguesia do concelho, Guarda Nacional Republicana, Capitania do Porto de Peniche, Bombeiros Voluntários da Lourinhã, Delegação de Saúde da Lourinhã e Vigararia da Lourinhã. A sessão foi presidida por João Duarte Carvalho, enquanto presidente da Câmara Municipal e responsável máximo da Protecção Civil no concelho, que se fez acompanhar por funcionários de alguns serviços municipais.

“Os agentes de Protecção Civil foram sensibilizados para o momento que o país e a região estão a passar, tendo definido um conjunto de estratégias de acompanhamento diário da situação, de modo a conseguir tomar todas as decisões necessárias de forma articulada”, refere a informação tornada pública esta noite, não tendo sido adiantados mais pormenores das conclusões deste encontro.

Recorde-se que a Câmara Municipal da Lourinhã decidiu um conjunto de medidas, que já entraram em vigor, em resposta à pandemia provocada pelo Covid-19. Esta decisão surgiu na sequência do Plano Nacional de preparação e orientações emanadas da Direcção-Geral de Saúde. As medidas prolongam-se até ao dia 30 de Abril, sendo sujeitas à avaliação permanente, em articulação com as orientações das autoridades de saúde. A decisão envolve, entre outras questões, o encerramento de estabelecimentos municipais e a suspensão de várias actividades e serviços no concelho, para acautelar a disseminação do vírus entre os munícipes.

Texto: ALVORADA