Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Ucrânia: Aprovisionamento de bens assegurado até Junho garante ministro da Economia

ministro da economia lusa 14032022

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, assegurou hoje que não existem dificuldades no abastecimento de bens essenciais importados e que estão assegurados aprovisionamentos até Junho, mas afirmou ser “inevitável” um aumento de preços.

“Neste momento, no acompanhamento praticamente ao dia que vamos fazendo da situação dos bens que importamos [das zonas afectadas pelo conflito na Ucrânia], não existem dificuldades de abastecimento e estão assegurados os aprovisionamentos até ao próximo mês de Junho”, referiu o ministro da Economia.

Pedro Siza Vieira falava numa conferência de imprensa conjunta com a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, hoje em Lisboa, em que foram apresentadas medidas de apoio às empresas e sectores mais afectados pela subida de custos resultante do conflito na Ucrânia.

Perante esta situação, disse, está a ser feita uma monitorização do aprovisionamento e do nível de ‘stocks’ de cereais para alimentação humana e animal e estão também a ser tomadas medidas para diversificação de fornecedores de cereais, além do acompanhamento da disponibilidade de produtos energéticos no país.

Governo avança com mecanismo de apoio a famílias mais vulneráveis

O Governo vai avançar com um mecanismo de apoio às famílias mais vulneráveis, para fazer face ao aumento do preço dos combustíveis e dos bens alimentares, anunciou hoje o ministro Pedro Siza Vieira.

O apoio às famílias mais vulneráveis será discutido em Conselho de Ministros, disse Siza Vieira.

Trata-se de um mecanismo de apoio às famílias mais vulneráveis ao aumento dos preços de bens alimentares que deverá abranger os agregados familiares que são beneficiários da tarifa social de energia elétrica e outras prestações sociais.

O universo potencial de beneficiários é de cerca de 1,4 milhões de famílias.

Camionistas e TVDE terão apoio de 30 cêntimos por litro de combustível

Os transportes de mercadorias até 3,5 toneladas e os TDVE vão ter um apoio de 30 cêntimos por litro de combustível devido à escalada dos preços da energia, anunciou ainda o ministro da Economia.

Siza Vieira anunciou que os transportes de mercadorias por conta de outrem, até 3,5 toneladas, e também os TVDE (Transporte individual e remunerado de passageiros em Veículos Descaracterizados) terão um apoio de 30 cêntimos por litro de combustível e de Ad Blue.

Este apoio é semelhante ao já adotado para autocarros e táxis, indicou o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: Lusa