Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Município de Óbidos cria ‘voucher’ de 15 euros de desconto para quem visitar o concelho

Eu Vou a obidos Voucher

Uma campanha promocional com objectivo de reactivar a actividade turística, através da oferta do ‘Óbidos Voucher Card’, no valor unitário de 15 euros, dirigida a visitantes que queiram visitar este concelho oestino e usufruir da oferta turística local, acaba de ser lançada pela autarquia. Serão oferecidos, numa primeira fase, 1000 ‘vouchers’, válidos apenas até 15 de Julho. Segundo um comunicado da edilidade obidense enviado ao ALVORADA, “os cartões têm uma validade relativamente curta, pois a Câmara Municipal entende que é neste momento que o reforço é necessário. São precisas medidas imediatas a aplicar num curto espaço temporal. Prevê-se ainda uma segunda fase da mesma campanha, mais tarde, com objetivo de reforçar esta medida”. Para os visitantes que pretendem receber um ‘voucher’, deverão apenas inscrever-se na plataforma digital criada para o efeito em www.obidos.pt, aceder ao botão central ‘Eu vou a Óbidos’ e preencher um formulário. O ‘voucher’ será enviado por correio pela autarquia.

De acordo com a Câmara Municipal, o objectivo desta campanha, no valor de 15 mil euros, será atrair pessoas a Óbidos, promovendo a sua permanência e estada, enquanto impulsiona a injecção de capital para reforçar as empresas locais. “Pretende ser uma medida de estímulo económico, que visa aumentar, a curto prazo, os níveis de facturação das empresas turísticas locais, nomeadamente as áreas da restauração, hotelaria, animação turística, comércio local, ou outro tipo de actividade turística disponível no concelho”, esclarece a edilidade. Trata-se do primeiro município do Oeste a avançar com um programa municipal com esta dimensão económica e particularidade para a promoção turística no seu espaço territorial.

Para o executivo liderado pelo social-democrata Humberto Marques, “com a interdição de viagens internacionais e a interrupção das viagens em grupo (excursionistas), importa olhar para o mercado nacional, especificamente para os viajantes individuais e independentes, como um público-alvo privilegiado para acções de promoção nos próximos tempos”. É que a situação actual causada pela pandemia de Covid-19 atingiu de forma violenta todo o sector. “Entrando numa fase inicial de retoma económica, a Câmara Municipal de Óbidos pretende implementar medidas que tenham um efeito imediato no território”, justifica a autarquia.

Para além do ‘Óbidos Voucher Card’, a edilidade em parceria com os estabelecimentos hoteleiros do concelho, está a desenvolver a campanha ‘Fique em Óbidos’, em conjunto com as unidades de alojamento, na qual o visitante ao reservar cinco noites numa unidade de alojamento, a quinta noite será oferecida. Há ainda uma segunda campanha similar para três noites (a terceira noite será oferecida). O objectivo desta acção é promover a estada prolongada de visitantes no concelho, “motivando-os a usufruir de toda a oferta turística local e regional, dinamizando a economia turística e promovendo a recuperação deste sector tão afetado por esta pandemia”. Esta campanha é valida para todas as unidades aderentes e durante períodos específicos ao longo do ano.

Ainda segundo o executivo camarário da vila medieval, estas acções “são acompanhadas pela vontade de criar um clima de confiança no destino de Óbidos. Para o efeito, foi montada uma equipa de trabalho, multidisciplinar, que está, neste momento, a desenvolver os procedimentos com objectivo de criar um ‘Safe Destination’. As empresas que participam nestas campanhas terão em sua posse o selo ‘Clean and Safe’, do Turismo de Portugal, bem como outras certificações adicionais para áreas mais específicas”.

Outras medidas extraordinárias estão a ser implementadas pela edilidade oestina, quer no espaço público, quer de fiscalização municipal, com o objectivo de garantir que “os visitantes poderão, tranquilamente, visitar o nosso destino em segurança”. Vão haver máquinas dispensadoras de máscaras, tapetes desinfectantes e sistemas de contagem de pessoas em espaço público “para tornar Óbidos num dos locais mais seguros do país”.

Texto: ALVORADA