Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Santa Cruz Ocean Spirit: Espanha sagrou-se campeã da Europa no Eurosurf Junior

Ocean Spirit 23072022

Espanha é a grande vencedora do Eurosurf Junior 2022, que terminou este sábado na Praia do Mirante, onde decorre o Santa Cruz Ocean Spirit. Esta foi uma conquista inédita da equipa espanhola, que viu três dos seus atletas a dominar as suas categorias. No pódio por equipas seguiram-se França, Portugal e Inglaterra, respectivamente, num campeonato que contou com 2.846 ondas surfadas e pontuadas ao longo da semana.

"Depois de muito trabalho com os atletas espanhóis, por fim chegou, aqui na Praia de Santa Cruz, este triunfo pelo qual esperámos muitos anos", contou o selecionador espanhol de surf, Pablo Solar, depois dos festejos dentro da piscina da Aldeia Neptuno. Num comunicado da organização do evento enviado ao ALVORADA é sublinhado que o foco continua a ser o "trabalho com as crianças mais pequenas, levando-as ao mundo do surf de competição", Solar assume que o grande objectivo passa por levar Espanha aos Jogos Olímpicos 2024, algo que não aconteceu no ano de estreia da modalidade.

Daniela Sevillano foi a longboarder espanhola que conquistou o primeiro lugar no Sub-18, com a sua última onda a valer uma reviravolta na bateria, que parecia estar entregue à britânica Lola Bleakley. "Foi uma bateria muito complicada, pensava que não iria ganhar", explicou Sevillano visivelmente satisfeita. "Estou super contente, por mim e pela minha equipa, que realizou um resultado muito bom neste campeonato", concluiu.

Espanha arrebatou outras duas categorias, com Annette Etxabarri a sagrar-se campeã no surf Sub-16 e Kai Odriozola no surf Sub-18. O jovem espanhol dominou, numa bateria em que o português Martim Nunes ficou em 4.º lugar. "Queria ter feito mais. Na final, as coisas não correram como esperado. Porém, ao fazer uma retrospectiva da semana inteira, é motivo para estar super contente pelo surf e pelos ‘scores’ que consegui fazer" , explicou o lusitano. "Todos os elementos da equipa portuguesa deram tudo até aos últimos segundos das suas baterias. Queríamos ganhar, obviamente, mas estamos conscientes de que fizemos o máximo pelo nosso país", defendeu Nunes, um dos quatro portugueses a figurar nos pódios individuais desta prova, em que participaram 171 atletas de 14 equipas.

Para o presidente da Federação Portuguesa de Surf, João Aranha, Portugal contava com "uma equipa nova que foi a El Salvador [Mundial Júnior ISA] e teve um resultado muito bom. Aqui, sabíamos que a tarefa não seria fácil e de repente tivemos selecções muito fortes a aparecer, como Inglaterra, a própria Alemanha e Itália". Na opinião do responsável máximo português da modalidade, "ganharam as selecções que deviam ganhar. Espanha, França e Portugal tiveram os resultados que se revelaram os reais e legítimos para as suas aspirações".

No programa de animação deste sábado, coube ao DJ Aguillar a tarefa de abrir o espectáculo do Santa Cruz Ocean Spirit, às 22h00. A partir das 23h30, a Aldeia Neptuno conta com os ritmos de Mastiksoul, o DJ com mais hits e "números 1" em Portugal. Todas as noites do Santa Cruz Ocean Spirit têm entrada livre.

O Santa Cruz Ocean Spirit é uma organização do Município de Torres Vedras e da empresa municipal Promotorres.

Texto: ALVORADA com comunicado da CMTV
Fotografia: CMTV