Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Ténis: Gastão Elias regressa aos quartos-de-final do Oeiras Open

Gastao Elias Oeiras Open 31032022

Gastão Elias juntou-se esta quinta-feira ao compatriota Nuno Borges nos quartos-de-final do quadro principal de singulares do Oeiras Open, o primeiro de dois torneios consecutivos do ATP Challenger Tour que a Federação Portuguesa de Ténis organiza no Complexo de Ténis do Jamor com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras.

No palco onde há um ano alcançou duas finais, das quais venceu uma, o tenista lourinhanense (198.º classificado no ‘ranking’ ATP) levou a melhor sobre o italiano Andrea Vavassori (259.º) por 6-4, 4-6 e 7-6(6), naquele que foi um dos encontros mais emocionantes do torneio até ao momento.

O duelo contou com uma pequena interrupção por causa da chuva (que atrapalhou o domínio do tenista da Lourinhã) e nota artística de ambos os jogadores, que só no ‘tie-break’ decisivo foram separados e com desfecho favorável a Gastão Elias.

Os quartos-de-final no Oeiras Open 1 (torneio no qual foi finalista em 2021) serão os primeiros do jogador da Lourinhã desde Dezembro, na Maia, e o adversário que o separa das meias-finais é o checo Vit Kopriva, sétimo cabeça-de-série e responsável pelo afastamento do italiano Luciano Darderi, com os parciais de 6-3 e 6-2.

“Foi uma vitória importante. Duas vitórias consecutivas é bom para a minha confiança e foi bom ter ultrapassado este duro obstáculo. Foi um encontro tenso e divertido, desfrutei bastante. Há algum tempo que não tinha um 7-6 no terceiro ‘set’, ainda para mais a jogar em casa, com o público, no Court Central do Jamor. E é sempre bom terminar o encontro com tão bons pontos, é bom para a confiança”, resumiu o número três nacional depois de igualar a prestação do compatriota Nuno Borges que venceu na véspera.

Depois de Gastão Elias também foi a jogo Pedro Sousa (268.º ATP), mas o lisboeta não conseguiu reunir argumentos para travar o croata Nino Serdarusic (207.º) e perdeu por 7-6(3) e 6-2 depois de servir para fechar a primeira partida, a 5-4. O Oeiras Open 1 assinalou o regresso à competição do ex-top 100 após sete meses de afastamento devido a uma lesão no pulso esquerdo. Segue-se o Oeiras Open 2, na próxima semana.

A jornada desta quinta-feira contou com mais dois triunfos lusos, mas na variante de pares e com direito a presença nas meias-finais: primeiro, Jaime Faria e Luís Faria derrotaram os compatriotas Fábio Coelho e Gonçalo Falcão (3-6, 6-3 e 10-7) para alcançarem as terceiras meias-finais lado a lado em torneios do ATP Challenger Tour. E a fechar a jornada Nuno Borges e Francisco Cabral somaram mais um triunfo, ao passarem por Vit Kopriva e Adam Pavlasek com 6-3 e 6-3.

Texto: ALVORADA com GIOO
Fotografia: GIOO