Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Gastão Elias apurado para a segunda ronda do Oeiras Open 1 após vencer tenista norte-americano

Gastao Elias 29022022

Gastão Elias e Pedro Sousa entraram a ganhar no Oeiras Open 1 e juntaram-se ao compatriota Nuno Borges na segunda ronda do quadro principal de singulares do primeiro de dois torneios do ATP Challenger Tour que a Federação Portuguesa de Ténis organiza no Complexo de Ténis do Jamor com o apoio do Município de Oeiras.

De volta ao palco onde há sensivelmente um ano garantiu, numa primeira fase, o regresso a finais neste circuito e semanas depois aos títulos, o lourinhanense Gastão Elias (198.º classificado no ‘ranking’ ATP) derrotou Alex Rybakov (361.º) por 6-4, 3-6 e 6-2.

“Há três semanas que tenho bastante tosse e por conta disso não tenho descansado nem dormido bem, por isso não treino com a intensidade que desejaria. Hoje senti dificuldades em respirar e em recuperar nos pontos mais longos. Raramente perco encontros por falta de físico, mas hoje tive de arranjar outras soluções e houve vários pontos em que exagerei um pouco e tentei ir mais cedo para o ‘winner’ do que o normal, o que faz com que cometa mais erros do que o habitual”, explicou o tenista de 32 anos após ultrapassar o ‘qualifier’ norte-americano.

Na segunda ronda, Gastão Elias vai defrontar Andrea Vavassori (259.º). O italiano liderava por 4-6, 6-4 e 4-0 quando beneficiou da desistência do compatriota Gianluca Mager (99.º) no duelo que marcou o afastamento do último jogador do ‘top’ 100 ainda em competição.

Logo a seguir, Pedro Sousa disputou o primeiro encontro desde o final de agosto de 2021 (teve de ser operado ao pulso esquerdo) e conseguiu ser feliz ao aplicar os parciais de 6-3 e 6-4 ao alemão Lucas Gerch (395.º) - um dos sobreviventes da fase de qualificação - para marcar encontro com o croata Nino Serdarusic (207.º).

Longe do ‘ranking’ que se habituou a ocupar nas últimas temporadas (actualmente ocupa o 268.º lugar) e com a natural falta de ritmo de quem não competia há muitos meses, o lisboeta de 33 anos esperava dificuldades, mas revelou-se feliz por cumprir a tarefa. "Sabia que ia ser feio, difícil e pouco confortável, mas o importante era ir aguentando e tentar esticar o encontro o máximo possível. Nos momentos importantes ia ser difícil porque já não jogava há muitos meses. Não me senti a bater muito bem na bola, mas aceitei isso e acabei por conseguir o mais importante. Agora espero ganhar o próximo e depois semana após semana vai ser melhor.”

Com estes triunfos, Elias e Sousa juntaram-se na segunda ronda ao compatriota Nuno Borges, que será o único português a ir a jogo na variante de singulares na jornada de quarta-feira. O maiato de 25 anos defronta o búlgaro Dimitar Kuzmanov a partir das 13h00.

Texto: ALVORADA com Gabinete de Imprensa do Oeiras Open
Fotografia: GIOO