Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Peniche: Favoritas avançam para 'quartos', surfista líder do ‘ranking’ é excepção e fica pelo caminho

Meo Rip Curl Peniche CMP 2022

A maioria das surfistas mais experientes do circuito mundial de surf qualificaram-se hoje para os quartos-de-final da prova de Peniche, com excepção de Brisa Hennessy, líder do ‘ranking’, que disse adeus à competição na Praia dos Supertubos.

A francesa Johanne Defay (11,10) abriu as hostilidades na ‘ronda das 16’ contra a australiana Molly Picklum (9,04), seguindo-se o duelo entre duas das surfistas com mais baterias disputadas no circuito principal da Liga Mundial de Surf (WSL), as australianas Stephanie Gilmore e Sally Fitzgibbons. A primeira, que conta com sete títulos de campeã mundial, levou a melhor, com uma pontuação de 11 pontos, contra os 10,27 da rival.

Depois, na terceira bateria do dia, a norte-americana Courtney Conlogue (10,26) impôs-se à costa-riquenha Brisa Hennessy (7,50), que chegou a Peniche no topo da tabela classificativa do quadro feminino, mas arrisca perder a licra amarela.

Seguiu-se a vitória da norte-americana Lakey Peterson (10,54) sobre a australiana Isabella Nichols (9,06), e o triunfo categórico da havaiana Carissa Moore (13, 17), cinco vezes campeã do mundo e campeã em título, sobre a australiana Bronte Macaulay (8,07).

Já a australiana Tyler Wright (14, 17), bicampeã do mundo (2016 e 2017), ganhou à jovem havaiana Gabriela Bryan (6,20), e a brasileira Tatiana Weston-Webb (14,83) superiorizou-se à havaiana Luana Silva (10,83).

Na última bateria, houve o resultado mais surpreendente, com a australiana India Robinson, de 21 anos, ‘rookie’ (estreante) do circuito principal, a afastar a havaiana Malia Manuel, que ocupa o segundo lugar do ‘ranking’ mundial.

A acção continua na Praia dos Supertubos, mas agora com a prova masculina, na qual Portugal está representado por Frederico Morais, que vai competir contra o havaiano Ezekiel Lau na 10.ª bateria.

O período de espera do MEO Pro Portugal presented by Rip Curl, na Praia dos Supertubos, em Peniche, começou na quinta-feira e prolonga-se até 13 de Março.

Texto: ALVORADA com agência Lusa
Fotografia: CMP