Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Liga MEO Surf: Kika Veselko e Afonso Antunes conquistam o ‘Bom Petisco Peniche Pro’ em Peniche

Meo surf Peniche

Francisca Veselko e Afonso Antunes conquistaram este sábado o triunfo no ‘Bom Petisco Peniche Pro’, com a Praia de Supertubos, em Peniche, a oferecer ondas de grande qualidade para fechar com chave de ouro a Liga MEO Surf 2021. A nova geração do surf nacional confirmou o grande momento que atravessa num cenário de alta qualidade, tanto das ondas como do nível técnico apresentado dentro de água.

O dia final do ‘Bom Petisco Peniche Pro’ ficou marcado por alguma espera matinal, uma vez que a ondulação anunciada tardava em chegar. Após várias chamadas, a prova arrancou pelo meio-dia, com a realização da prova masculina e, embora as condições estivessem difíceis, os melhores surfistas nacionais começaram cedo a dar espectáculo. Nesta fase foram dois dos membros da nova geração do surf nacional a destacarem-se, repetindo as performances do dia inaugural. O jovem penichense Matias Canhoto, de apenas 14 anos, e o ‘wildcard’ João Maria Mendonça conseguiram avançar pela primeira vez para os quartos-de-final ‘man-on-man’ da Liga MEO Surf.

A acção prosseguiu com os quartos-de-final masculinos, com Eduardo Fernandes a eliminar Miguel Blanco no primeiro ‘heat’. Seguiu-se o triunfo de Afonso Antunes, que esteve sempre em grande plano desde o início da prova, frente ao jovem sensação Matias Canhoto. Depois, Joaquim Chaves, um dos surfistas do evento, venceu um duelo muito equilibrado frente a Guilherme Ribeiro, enquanto Gony Zubizarreta teve de se esforçar muito para levar de vencido João Maria Mendonça.

Nas meias-finais femininas o nível também esteve muito elevado, com Gabriela Dinis e Mafalda Lopes a destacarem-se no primeiro ‘heat’. No segundo ‘heat’ a recém-coroada campeã nacional Kika Veselko mostrou o excelente momento que atravessa, com um score de 14,75 pontos. A grande surpresa acabou por ser a jovem Constância Simões, que garantiu a primeira final da carreira. Perante estes cenários, estava já garantido que iria haver uma estreia a vencer etapas do lado feminino.

Seguiram-se as meias-finais masculinas, onde o nível foi aumentando à medida que as ondas de qualidade começavam a chegar cada vez mais a Supertubos e Afonso Antunes bateu Eduardo Fernandes a abrir as meias-finais. Na segunda meia-final houve um embate de final explosivo, com Joaquim Chaves a tomar a dianteira, mas com Gony Zubizarreta a virar a bateria já na parte final, graças a uma nota de 9,25 pontos.

Foi na melhor altura de ondas do dia que as finais foram para a água e as quatro finalistas femininas ofereceram uma das melhores finais que há memória na Liga MEO Surf. Após várias notas altas e muitas mudanças na liderança, Kika Veselko carimbou a primeira vitória da carreira na Liga MEO Surf, que serviu de cereja no topo do bolo para o título nacional que já tinha conquistado. Apesar da derrota, Mafalda Lopes (2.ª), Gabriela Dinis (3.ª) e Constância Simões (4.ª) deram uma excelente réplica e também contribuíram para um grande espetáculo.

“Estou super contente com este triunfo”, começou por dizer Francisca após o triunfo. “Queria muito ganhar esta final. Acreditei até final, mantive a calma e, mesmo estando em último perto do final, consegui a onda que necessitava para passar para primeiro. Foi um ano perfeito na Liga MEO Surf. Tem sido o meu melhor ano e agora ainda tenho provas internacionais para tentar os meus objectivos. Para o ano podem esperar mais ainda de mim”, frisou.

Na final masculina surgiram alguns tubos e Afonso Antunes foi o primeiro a abrir as hostilidades, colocando-se desde cedo na liderança, que nunca mais largou. Com 14,85 pontos e uma gestão de bateria muito experiente, Afonso conquistou a segunda vitória da temporada na Liga MEO Surf, depois de ter começado o ano também com um triunfo, na Ericeira, fechando ainda o ano como vice-campeão nacional. 

“Foi uma final super emotiva”, começou por afirmar Afonso Antunes. “Queria muito ganhar. O Gony é um surfista que admiro muito e, apesar de no início estarmos mais descontraídos, depois as coisas aqueceram. Estou muito feliz, queria muito ganhar aqui em Peniche, como o meu pai já tinha feito. Apesar de ter partido a prancha na última onda, nem estou preocupado com isso porque estou mesmo muito feliz pelo triunfo”, rematou.

Resultados finais do ‘Bom Petisco Peniche Pro’:

Final masculina: Afonso Antunes 14,85 x Gony Zubizarreta 11,10

Final feminina: Francisca Veselko 13,75 x Mafalda Lopes 13,40 x Gabriela Dinis 12,55 x Constância Simões 9,90

Go Chill Expression Session feminina: Camila Cardoso

Go Chill Expression Session masculina: Afonso Antunes

Joaquim Chaves Saúde Best Wave: 10 de Halley Batista, na ronda 1

Bom Petisco Girls Score: Kika Veselko, 14,75 nas meias-finais

A nível televisivo, tendo presente a proibição de público nos termos legais, o ‘Bom Petisco Peniche Pro’ é acompanhado a partir de casa em directo na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, na posição 810 da grelha de canais MEO, em ligameosurf.pt e redes sociais em @ansurfistas.

A Liga MEO Surf 2021 foi uma organização da Associação Nacional de Surfistas e da Fire!, com o patrocínio do MEO, Bom Petisco, Allianz Portugal, Go Chill, Joaquim Chaves Saúde, Superbock, Somersby, Rip Curl, Ericeira Surf and Skate, o parceiro de sustentabilidade Jerónimo Martins, o apoio local do Município de Peniche, e o apoio técnico do Península de Peniche Surf Clube e da Federação Portuguesa de Surf.

Texto: ALVORADA com Associação Nacional de Surfistas
Fotografia: Jorge Matreno/ANSurfistas