Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Ténis: Gastão Elias vai defrontar Pedro Araújo na segunda ronda do ‘Oeiras Open 4’

Pedro Araujo

O lourinhanense Gastão Elias vai enfrentar o compatriota Pedro Araújo (991.º do ‘ranking’ ATP) no Torneio ‘Challenger’ 4 de Oeiras, que surpreendeu hoje o primeiro cabeça-de-série, o francês Mathias Bourgue (nº 196), com autoritários parciais de 6-2 e 6-2 para somar a melhor vitória da carreira e a primeira em quadros principais de torneios do ATP ‘Challenger Tour’. Na véspera, o tenista da Lourinhã foi o único dos três portugueses a garantir a qualificação para a segunda ronda da competição, ao vencer o compatriota Luís Faria (803º) no Complexo Desportivo do Jamor. Gastão Elias (292.º) teve entrada directa no quadro principal do torneio de categoria 50 do ATP ‘Challenger Tour’, organizado pela Federação Portuguesa de Ténis no Complexo Desportivo do Jamor, superou o jovem opositor, de 21 anos, em dois ‘sets’, com os parciais de 6-2 e 6-3, na terra batida do emblemático complexo desportivo.

No final do encontro de hoje, Pedro Araújo afirmou que ficou muito feliz com o resultado. “As condições estavam difíceis, muito vento e um vento difícil daquele que há nos outros campos do Jamor, em remoinho, mas consegui adaptar-me melhor do que ele e acho que estive muito bem tacticamente”, teceu o actual campeão nacional de sub 18, que com a vitória desta terça-feira marcou encontro com o compatriota Gastão Elias. “Vai ser mais um jogo difícil, sei que o Gastão está a jogar bem e em boa forma, mas tenho as minhas hipóteses e vou para o campo para lutar. Quando comecei a jogar o João e o Gastão eram os dois tenistas principais e lembro-me de os ver por várias vezes na televisão. [Entretanto] já treinei com eles algumas vezes e já nos cumprimentamos, é uma relação diferente, mas são duas pessoas para quem todos devemos olhar porque já estiveram no topo e é onde todos devemos estar”, afirmou o jovem tenista da Escola de Ténis Jaime Caldeira.

Texto: ALVORADA com Gabinete de Imprensa do ATP Challenger 125 Oeiras Open
Fotografia: Sara Falcão/GIATPC125OO