Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Assinatura Digital

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Sorteio do 'ATP Challenger 125 Oeiras Open' com sortes diferentes para os três tenistas do Oeste

Sorteio Oeiras Open 1

É já neste domingo, às 11h00, que é feito o primeiro serviço do ‘ATP Challenger 125 Oeiras Open’, o maior torneio do ‘ATP Challenger Tour’ organizado em Portugal, que a Federação Portuguesa de Ténis realiza no Complexo Desportivo do Jamor, com o apoio da ATP, entre 16 e 22 de Maio. O sorteio dos três quadros aconteceu este sábado e deu a conhecer as sortes dos vários tenistas portugueses que vão a jogo.

No quadro principal, a grande novidade foi a entrada directa do oestino Frederico Silva devido às habituais alterações de última hora, uma movimentação que fez com que o ‘wild card’ (convite) originalmente destinado ao tenista caldense (actualmente no 170.º lugar do ‘ranking’ ATP, a melhor classificação da carreira) fosse entregue ao lourinhanense Gastão Elias. Número 312 mundial e finalista do primeiro de dois ‘ATP Challenger 50’ que a Federação Portuguesa de Ténis já organizou este ano no Jamor, o ex-top 60 juntou-se, assim, aos também portugueses Pedro Sousa (111.º e o único luso com entrada directa), João Domingues (227.º) e Nuno Borges (301.º), que depois de se estrear em finais do ‘ATP Challenger Tour’ no Oeiras Open 2 também brilhou no ‘Millennium Estoril Open’.

O sorteio, realizado este sábado, confirmou que não há primeiras rondas fáceis nos torneios da categoria mais alta do ‘ATP Challenger Tour’: Pedro Sousa, oitavo cabeça-de-série, vai medir forças com Damir Dzumhur, bósnio que já foi nº 23 mundial e actualmente ocupa a 118.ª posição; Frederico Silva vai enfrentar Jason Jung (151.º); João Domingues medirá forças com Pedro Martínez (94.º), espanhol que é o quarto pré-designado e um dos seis tenistas do ‘top’ 100 presentes no torneio; Nuno Borges terá pela frente Bernabé Zapata Miralles (142.º), campeão do ‘ATP Challenger 100 de Heilbronn’ (Alemanha) este sábado e responsável pela eliminação do português no ‘Maia Open’; e Gastão Elias, o único a ser sorteado na metade superior do quadro, começará o torneio com norte-americano Maxime Cressy (155.º).

Jiri Vesely (73.º) e Steve Johnson (85.º), os dois primeiros cabeças-de-série, terão de aguardar pela conclusão do ‘qualifying’ (fase de qualificação) para conhecerem os primeiros adversários, mas no quadro principal também há a destacar as presenças dos jovens-prodígio Carlos Alcaraz e Hugo Gaston. Com apenas 17 anos, o espanhol ocupa a 141.ª posição no ‘ranking’ ATP e é apontado por vários especialistas como um dos grandes nomes no ténis no futuro, sendo treinado pelo ex-número um mundial Juan Carlos Ferrero. Na primeira ronda, Alcaraz vai enfrentar o japonês Yasutaka Uchiyama (113.º). Já Hugo Gaston tem 20 anos, é o nº 168 do ‘ranking’ e destacou-se na última edição de Roland-Garros (França), ao derrotar o ex-campeão Stan Wawrinka para chegar à quarta ronda, onde só perdeu para Dominic Thiem em cinco partidas. Este ano já jogou uma final no circuito ‘Challenger’, em Roma (Itália), mas ainda procura o primeiro título. Em Oeiras, terá pela frente um ‘qualifier’ e se vencer poderá enfrentar Steve Johnson.

No ‘qualifying’ do ‘ATP Challenger 125 Oeiras Open’ estarão quatro tenistas lusos, dado que as movimentações de última hora também permitiram a Gonçalo Oliveira (309.º) entrar diretamente e, assim, os ‘wild cards’ foram entregues ao penichense Tiago Cação (529.º), Luís Faria (805.º) e Francisco Cabral (1001.º). Oliveira disputa a primeira ronda com Maxime Janvier (225.º ATP e 5º cabeça-de-série), Cação defronta o sétimo pré-designado, o belga Zizou Bergs (263.º), Faria duela com o terceiro, Mikael Torpegaard (190.º), e Cabral com o eslovaco Alex Molcan (260.º classificado e sexto melhor cotado entre os tenistas presentes na fase de qualificação).

Na competição de pares vão a jogo oito tenistas ‘da casa’: Pedro Sousa une esforços com o brasileiro Rafael Matos, Gonçalo Oliveira com o japonês Yasutaka Uchiyama e os restantes formam parceiras totalmente portuguesas: Frederico Silva/João Domingues, Nuno Borges/Francisco Cabral e Gastão Elias/Gonçalo Falcão.

Texto: ALVORADA com Gabinete de Imprensa do ATP Challenger 125 Oeiras Open
Fotografia: Sara Falcão (GIATPC125OO)