29/05/2017 - 16:24
Primeira PáginaAssinaturasContactos
  Pesquisar Notícias
Notícias
Região
Sociedade
Economia/Gestão
Saúde
Cultura

Desporto
Segurança
Agricultura
Mulher
Opinião
Igreja

Agenda
Associações
Autarquias
Bibliografia
Classificados
Discografia
Directório
Links
Lista Telefónica
Necrologia



As últimas notícias de primeira página -> http://www.alvorada.pt/rss.php

As últimas notícias de primeira página -> http://www.alvorada.pt/rss.php



Região

Nova empresa de Saneamento na região de Lisboa e Oeste

Última alteração dia
2017-04-28 às 00:00:00


Imprimir NotíciaNova empresa de Saneamento na região de Lisboa e Oeste

O Estado Português atribui esta sexta-feira, a concessão para a exploração e gestão do Sistema Multimunicipal de Saneamento de Águas Residuais da Grande Lisboa e Oeste à empresa Águas do Tejo Atlântico, S.A. em cerimónia que se realiza às 15h30 na ETAR de Alcântara, em Lisboa, e que será presidida pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.


A Águas do Tejo Atlântico constitui o maior operador de saneamento do país, cujo sistema tem como utilizadores 23 municípios anteriormente utilizadores dos serviços de saneamento prestados pelas empresas Sanest, Simtejo e Águas do Oeste.

Os municípios são os seguintes: Alcobaça, Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Cascais, Lisboa, Loures, Lourinhã, Mafra, Nazaré, Óbidos, Odivelas, Oeiras, Peniche, Rio Maior, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.

No total, as operações abrangem uma população de cerca de 2,4 milhões de habitantes que serão servidas através de mais de 1.150 quilómetros de condutas, 292 Estações Elevatórias e 104 Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), entre elas as duas maiores ETAR do país: a ETAR de Alcântara, em Lisboa, e a ETAR da Guia, em Cascais.

O Sistema Multimunicipal de Saneamento de Águas Residuais da Grande Lisboa e Oeste foi criado por cisão do Sistema Multimunicipal de Abastecimento de Água e de Saneamento de Lisboa e Vale do Tejo, que tinha resultado da agregação de sistemas concretizada pelo Decreto-Lei n.º 93/2015, de 29 de Maio. Após a cisão, este sistema mantém-se em operação, tendo como utilizadores os municípios do Vale do Tejo.

A Águas do Tejo Atlântico é uma sociedade anónima de capitais exclusivamente públicos e tem como acionistas a AdP - Águas de Portugal, SGPS, SA, em representação do Estado Português, e os municípios servidos pelo sistema de saneamento.




Voltar     Topo


CotoNet, Lda