21/11/2017 - 19:11
Primeira PáginaAssinaturasContactos
  Pesquisar Notícias
Notícias
Região
Sociedade
Economia/Gestão
Saúde
Cultura

Desporto
Segurança
Agricultura
Mulher
Opinião
Igreja

Agenda
Associações
Autarquias
Bibliografia
Classificados
Discografia
Directório
Links
Lista Telefónica
Necrologia



As últimas notícias de primeira página -> http://www.alvorada.pt/rss.php

As últimas notícias de primeira página -> http://www.alvorada.pt/rss.php



Saúde

ACES Oeste Sul: Semana Europeia da Vacinação da Organização Mundial da Saúde

Última alteração dia
2017-04-27 às 16:33:35


Imprimir NotíciaACES Oeste Sul: Semana Europeia da Vacinação da Organização Mundial da Saúde

No âmbito da Semana Europeia da Vacinação e para comemorar esta efeméride, em todas as sedes de concelho dos cinco Centros de Saúde do ACES Oeste Sul (Torres Vedras, Mafra, Lourinhã, Cadaval e Sobral de Monte Agraço), serão realizadas sessões de esclarecimento e incentivo à vacinação a todos os utentes que se encontrem nas salas de espera, proporcionando-se em seguida a vacinação daqueles cujo Programa Nacional de Vacinação (PNV) não esteja actualizado.


As sessões de esclarecimento e incentivo decorrerão durante a manhã desta sexta-feira, dia 28, uma por hora até cerca das 13h00.

A vacinação é uma das intervenções com melhor custo-efectividade em Saúde Pública, permitindo reduzir a morbilidade e mortalidade de algumas doenças transmissíveis.

Segundo um comunicado enviado pelo ACES Oeste Sul, o controlo das doenças transmissíveis é uma das prioridades dos sistemas de saúde e, como tal, está além da vigilância epidemiológica, associado habitualmente a programas de vacinação. No caso de Portugal trata-se do PNV, criado em 1965, com a introdução universal e gratuita da vacina contra a poliomielite.

Contempla hoje vacinas contra a Tuberculose, Hepatite B, Haemophilus influenzae tipo b, Difteria, Tétano, Tosse Convulsa, Poliomielite, Meningite C, Sarampo, Streptococcus pneumoniae, Parotidite, Rubéola e Vírus do Papiloma Humano.

Apelamos, por isso, à importância de cada contacto com as unidades dos Cuidados de Saúde Primários ser aproveitado para verificação do estado vacinal e vacinação adequada”.




Voltar     Topo


CotoNet, Lda