Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia chamadas para ajudarem no ‘Censos 2021’

Censos 2021

Este ano será realizado um inquérito piloto para testar a operação ‘Censos 2021’ que inclui o 16.º Recenseamento Geral da População e o 6.º Recenseamento Geral da Habitação. A concepção, direcção e execução dos ‘Censos 2021’ , tal como nas edições anteriores, é assegurada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), ficando as câmaras municipais responsáveis pela organização, coordenação e controlo das tarefas de recenseamento na área de jurisdição do respectivo município. As juntas de freguesia, por sua vez, vão cooperar com os serviços da respectiva câmara municipal na execução das operações.

A decisão do último Conselho de Ministros, onde foi aprovado o decreto-lei que estabelece as normas a que deve obedecer a realização do ‘Censos 2021’, define as responsabilidades pela sua execução e estabelece os dispositivos específicos para assegurar os recursos financeiros e humanos necessários ao êxito da sua realização, nos moldes e calendários estabelecidos.

O executivo quer diminuir a utilização do papel e vai distribuir, por carta, informação para os cidadãos responderem pela Internet, “em alternativa” à “distribuição de questionários porta a porta”. O objectivo é “aumentar a taxa de resposta por meios electrónicos”, que, no ‘Censos de 2011’, já rondou os 50%. Apesar desta aposta nas respostas electrónicas, continuará a existir grande número de recenseadores que vão percorrer o país, trabalho que envolve câmaras e juntas de freguesia e que a lei regulamenta. Em comunicado, o Governo sublinha que “o envolvimento e cooperação das autarquias locais será determinante para o sucesso do ‘Censos 2021’, devido à sua proximidade às populações e pela possibilidade de facultarem os meios e as infraestruturas de apoio necessários à realização da operação".

Está disponível na internet um sítio onde os portugueses podem obter mais informação em www.censos.ine.pt.

Texto: ALVORADA