Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Direito à resposta do PS em relação à notícia publicada no ALVORADA nº 1252 “PSD sente-se discriminado pelo PS em todos os órgãos autárquicos”

Em primeiro lugar, o Partido Socialista da Lourinhã discorda da declaração que foi feita pelo PSD, de que “Estamos num concelho social-democrata em que impera o ‘somos donos disto’. O concelho da Lourinhã é um concelho em que impera a vontade dos eleitores de escolherem quem querem à frente da autarquia e a conduzir o programa eleitoral. A Lourinhã não tem identidade política partidária, é composta por cidadãos e cidadãs que avaliam o trabalho político, seja este a nível local, nacional e europeu.

Em segundo lugar, o PS apresentou o programa eleitoral a que se propôs nas Eleições Autárquicas para este mandato, onde pretende cumprir com o que se comprometeu aos munícipes.

Programa este baseado em quatro eixos: Lourinhã Próxima, Lourinhã Inclusiva, Lourinhã Empreendedora e Lourinhã Sustentável. O executivo municipal tem concentrado os esforços em cumprir com o que se comprometeu aos cidadãos e por isso, de forma a partilhar o trabalho autárquico que tem vindo a ser desenvolvido com os munícipes, foi criado o site www.governancatransparente.cm-lourinha.pt, onde todos poderão consultar as propostas e o estado de execução.

Em terceiro lugar, o executivo municipal não tem qualquer tratamento diferenciador com nenhuma das freguesias seja ela qual for. Os autarcas das freguesias foram eleitos democraticamente pelos seus eleitores e o Partido Socialista respeita a democracia. Para o PS, as lutas políticas fazem-se nas eleições e não prejudicando o trabalho de autarcas de “cor política” diferente, como alega o PSD.

Em quarto lugar, o executivo municipal sempre defendeu junto do ACES Oeste Sul e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P., a continuação dos serviços de saúde das extensões de saúde de Ribamar, Moita dos Ferreiros e Reguengo Grande, sendo estas fundamentais para um serviço de proximidade. Também o PS Lourinhã, com a colaboração de deputados, tem levado ao governo, a preocupação da população relativamente às necessidades de mais médicos de família para o concelho. O Partido Socialista defende a existência das três extensões de saúde, sendo estas serviços primordiais para as populações das diferentes freguesias e continuará a reivindicar pelas condições de funcionamento pleno.

Em quinto lugar, o Parque dos Dinossauros da Lourinhã, era um sonho de muitos Lourinhanenses. Hoje é uma realidade, levando a que no ano passado, mais de 350.000 visitantes se deslocassem ao concelho da Lourinhã para conhecer o Parque. Fruto do trabalho realizado ao longo dos anos pelo GEAL e pela família Mateus e graças a este investimento no concelho, foi possível projetar o nome da Lourinhã a nível mundial e ser conhecido o concelho como Capital dos Dinossauros, atraindo investimento. Mas também, no concelho não são só dinossauros, mas as Quinzenas Gastronómicas do Polvo e da Aguardente, o Festival da Abóbora, a arte, a história de amor Pedro e Inês, o Museu da Lourinhã, as recreações históricas da Batalha do Vimeiro, as praias, as modalidades desportivas, os moinhos, o património religioso, a gastronomia local proporcionada pelos nossos restaurantes e festividades das associações, as tradicionais marchas populares, os ranchos, a música, a natureza, entre tantas outras caraterísticas que fazem o nosso concelho proporcionar qualidade de vida. O executivo tem vindo a valorizar o concelho, potenciando o que de bom existe e criando ainda mais iniciativas e projetos que fazem da Lourinhã uma referência.

Brian Silva
Presidente da Comissão Política Concelhia da Lourinhã