Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Empreitada de reparação do troço do IP6 junto ao viaduto do Olho Marinho aguarda visto do Tribunal de Contas

IP6 visita do Governo

Falta apenas o visto do Tribunal de Contas para que possam arrancar as obras de reparação do troço do IP6 Óbidos-Peniche entre o km 13,6 e o km 14,4, na zona do viaduto do Olho Marinho, cuja instabilidade no talude e a abertura de fissuras no pavimento levou ao corte ao trânsito de uma das vias desde o ano passado. O secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d’Oliveira Martins, acompanhado pelo presidente da IP - Infraestruturas de Portugal, António Laranjo, esteve nesta manhã de quinta-feira no local, assinalando assim a assinatura do contrato da empreitada, orçada em 2,5 milhões de euros, com a empresa Teixeira Duarte, SA. Os trabalhos vão incidir em duas zonas distintas e deverão estar concluídos antes do próximo Inverno. Vão desenrolar-se ao longo de sete meses. É expectável, revelou Guilherme d’Oliveira Martins ao ALVORADA, que as obras possam ter início antes do final do primeiro trimestre de 2019.

Segundo a IP, empresa pública tutelada pelo Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, desde 2010 que a monotorização deste troço do IP6 identificou a necessidade de intervenções de rectificação da plataforma, de modo a garantir as boas condições de circulação e segurança. Em Julho do ano passado verificou-se o assentamento da plataforma rodoviária e foi decidido então proceder-se ao corte do trânsito com “basculamento do tráfego”, ou seja, com desvio para a faixa contrária adjacente. Um estudo geotécnico realizado em 2017 determinou que fossem realizadas obras significativas neste troço do IP6.

Segundo apurou o ALVORADA junto da IP, as obras vão contar, numa das zonas, com a execução do reforço do aterro com recurso a malha de estacas, encabeçamento em betão e geogrelha de reforço com uma camada de solos granulares devidamente encabeçados. Na segunda zona será feito o reforço do aterro com um muro de suporte em betão armado, fundado sobre estacas e suavização do talude onde se verificaram os fenómenos de escorregamento.

Esta visita ao IP6 do membro do Governo ficou marcada com uma ‘gaffe’ protocolar, visto que a IP esqueceu-se de convidar para o encontro o presidente da Câmara Municipal de Óbidos, Humberto Marques, território onde ão decorrer as obras de beneficiação do troço, tendo o convite sido feito apenas ao presidente da Câmara Municipal de Peniche, Henrique Bertino, que esteve a acompanhar a visita. 

O IP6 constitui uma via de comunicação rodoviária que é muito importante para o concelho de Peniche mas igualmente para o concelho da Lourinhã, nomeadamente para a zona norte do município, porque é o acesso rodoviário mais rápido à A8.

Mais pormenores na próxima edição impressa do Jornal ALVORADA
Texto e fotografia: Paulo Ribeiro/Jornal ALVORADA