Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Embarcação de pesca meteu água e está a ser rebocada para o Porto de Peniche

avo rita 3

A embarcação de pesca ‘Avô Rita’, que se encontrava com uma entrada de água, ao largo da Ericeira e a cerca de 22 km de Peniche, está a ser apoiada por uma lancha semirrígida da Estação Salva-Vidas de Peniche do ISN - Instituto de Socorros a Náufragos e por uma lancha de Fiscalização Rápida da Marinha Portuguesa.

Segundo um comunicado da Autoridade Marítima Nacional, o alerta foi dado pelas 18h41 tendo, de imediato, sido activada a lancha semirrígida do ISN, a lancha de fiscalização rápida ‘Hidra’  e a corveta ‘António Enes’ da Marinha Portuguesa.  Foi ainda solicitado o apoio à Força Aérea Portuguesa para o emprego do helicóptero EH-101 ‘Merlin’, “não tendo sido necessário, uma vez que a situação ficou controlada”.

Pelas 19h15 a embarcação, com seis pessoas a bordo, comunicou que a entrada de água tinha sido controlada pelos meios de bordo, necessitando de apoio para reboque. O armador fez sair a embarcação de pesca ‘Mãe Puríssima’ para realizar o reboque, com destino ao porto de Peniche.

Junto à embarcação ‘Avô Rita’ encontra-se a semirrígida do ISN de Peniche e a lancha de fiscalização rápida ‘Hidra’. A corveta ‘António Enes’ e o helicóptero EH-101 mantêm-se em alerta.

A embarcação de pesca costeira ‘Avô Rita’, registada no Porto de Peniche e construída com casco em metal num estaleiro da Figueira da Foz em 2002, tem um comprimento de 14,7 metros e uma tara bruta de 24,7 toneladas.

Este é o mesmo barco que foi notícia a 1 de Setembro de 2006 quando ficou encalhado num banco de areia (na foto), a sul da praia do Tonel, em Sagres, sem capacidade de governo. Na altura, os seis tripulantes foram resgatados ilesos pelas autoridades, apenas com sinais de hipotermia, mas sem necessidade de cuidados médicos. No local foram assistidos pelos Bombeiros Voluntários de Vila do Bispo.

Fotografia: Direitos Reservados