Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

GEAL/Museu da Lourinhã lança Programa de Incentivo à Investigação Científica Horácio Mateus

Museu da Lourinha e Programa Horacio Mateus

Foi apresentado esta tarde o Programa de Incentivo à Investigação Horácio Mateus pelo GEAL/Museu da Lourinhã, que tem por objectivo apoiar projectos de investigação e estudos avançados nos domínios das Ciências Naturais e Sociais, nomeadamente Antropologia, Arqueologia, Geologia e/ou Paleontologia e História Local, com incidência no concelho da Lourinhã. Este ano serão considerados apenas projectos nos domínios da Geologia e/ou Paleontologia, abrindo as candidaturas às 00h00 desta quinta-feira por um período de 60 dias, ou seja, até às 23h59 de dia 26 de Maio. Para este ano estão alocados a este programa 30 mil euros que são provenientes das receitas do protocolo que o GEAL assumiu com a empresa gestora do Parque dos Dinossauros da Lourinhã e que é destinado ao desenvolvimento do trabalho científico em geologia e/ou paleontologia.

Este projecto visa apoiar jovens investigadores e doutorados, de qualquer nacionalidade, a incrementar a investigação científica e o conhecimento do património da região, nas diferentes áreas onde actua. Os projectos considerados são os que visam a preparação laboratorial de peças e/ou o estudo de temas, factos, fósseis ou outros com origem no concelho da Lourinhã, que possam expandir o conhecimento da região e contribuir para o legado científico nacional. Cada projecto será coordenado por um investigador, com o grau de doutoramento. Será também possível a candidatura de projectos liderados por licenciados, mestrandos, mestres ou doutorandos, em associação com doutores/orientadores. Cada projecto selecionado poderá obter até 10 mil euros e deverá ser desenvolvido no prazo de 12 meses ou, até 24 meses em casos devidamente justificados.

Para Lubélia Gonçalves, presidente da direcção do GEAL, “este programa reveste-se de uma importância extraordinária para a Lourinhã e para a região Oeste e também para a investigação científica em Portugal. As entidades envolvidas assumem o compromisso de continuar a apostar e a financiar sempre que possível, projectos de investigação com foco na região onde estamos inseridos”.

Segundo Luís Rocha, director-geral do Dino Parque da Lourinhã, “desde o início do projecto que a direcção do parque teve intenção de apoiar os projectos de investigação científica com relevância para a região, sobretudo os ligados à área da Paleontologia. Para o Dino Parque é uma forma de declarar o apoio à comunidade e região na qual está inserida, projectando-a como uma área única no que toca património natural e histórico”.

O vice-presidente da Câmara Municipal da Lourinhã, José Tomé, também se associou ao lançamento deste programa de incentivo à investigação e, tal como Lubélia Gonçalves, destacou esta forma de homenagem a um dos associados fundadores do GEAL e co-fundador do Museu da Lourinhã, Horácio Mateus, que se tornou conhecido do mundo científico por em conjunto com a sua mulher ter descoberto, em 1997, o Ninho de Dinossauros de Paimogo.

Texto: ALVORADA
Fotografia: Paulo Ribeiro/ALVORADA