Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Quase seis mil votos nos 24 projectos do OPL 2018

Fotografia: Sofia de Medeiros/Jornal ALVORADA

orcamentoparticipativo

“Todos os autarcas que percebem a importância de criar mecanismos de participação dos cidadãos estão alinhados com os tempos que vivemos que são de profundos desafios às democracias”, referiu José Manuel Ribeiro, no decorrer da sessão pública de apresentação de resultados da quarta edição do Orçamento Participativo da Lourinhã (OPL), que decorreu no passado dia 17, no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Município. O presidente da Câmara Municipal de Valongo, convidado pela autarquia lourinhanense, referiu que os orçamentos participativos pretendem dar uma oportunidade a todos, jovens e menos jovens, “de poderem com as suas ideias dar um contributo para que as nossas terras possam ser melhores”.

No decorrer da sessão, todos os proponentes ao OPL receberam um certificado pelo seu papel activo através da apresentação dos seus projectos elegíveis, assim como foram entregues três menções honrosas, duas delas a proponentes que apresentaram mais do que um projecto elegível - José Coutinho e Ricardo Rego - e uma ao proponente que esteve presente no maior número de sessões públicas de apresentação do OPL - ADAPECIL - Associação de Amor para a Educação dos Cidadãos Inadaptados da Lourinhã. Antes de serem comunicadas as propostas mais votadas, foi feita uma apresentação baseada nos números de participação desta última edição, comparativamente com as anteriores: 33 propostas, distribuídas por quatro das sete áreas definidas nesta edição, foram a votação 24 projectos que receberam um total de 5972 votos.

No final foram então chamados os proponentes dos projectos mais votados em cada nível orçamental e que já tinham sido revelados pelo ALVORADA há duas edições: até 10.000 euros - Ricardo Rego com o projecto ‘Estação de Serviço de Autocaravanas no Santuário de Nª Srª da Misericórdia” (154 votos); de 10.001 a 30.000 euros - Telma Santos com o projecto ‘Casa SombraZUL’ a implementar num local do concelho (243 votos); de 30.001 a 60.000 euros - Lívia Mateus com o projecto ‘Parque Verde Intergeracional (parque infantil e ginásio ao ar livre)’ na Moita dos Ferreiros (717 votos); Associativismo - Catarina Teixeira Ribeiro com o projecto ‘Elevar a Ginástica - Homenagem à professora Jacinta Santos’, a implementar no Pavilhão do Hóquei Clube da Lourinhã (1606 votos).