Pesquisa   Facebook Jornal Alvorada
Login

Login na sua conta

Username *
Password *
Lembrar-me

Criar uma conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome *
Username *
Password *
Confirmar Password *
Email *
Confirmar email *
Captcha *
Reload Captcha

Praia da Areia Branca acolhe a partir de sexta-feira os Campeonatos do Mundo e da Europa de Jetski Freeride

Campeonato do Mundo de FreerideA primeira prova dos Campeonatos do Mundo e da Europa de Jetski Freeride, que irá decorrer pela primeira vez na Praia da Areia Branca a partir da próxima sexta-feira, irá contar com a participação de 22 concorrentes. Os pormenores desta competição, que decorrerá na paria lourinhanense até domingo, com entradas livres, foram revelados esta segunda-feira em conferência de imprensa que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Município.

Na ocasião, de Luís Centeno Fragoso, representante da Federação Mundial de Freeride, reiterou que o principal objectivo é que esta prova portuguesa, a primeira de cinco do Campeonato do Mundo, “seja a melhor de todas e estamos convictos de que iremos conseguir esse objectivo”. A competição poderá ser seguida através da internet, com recurso ao ‘live stream’, estando assegurada a visualização em 45 países.

Durante a próxima quinta-feira, feriado nacional, será possível assistir aos treinos livres por parte de alguns dos concorrentes, mas a competição arranca oficialmente às 14h00 de sexta-feira. No sábado as provas decorrerão entre as 10h00 e as 18h00 e, no domingo, das 10h00 às 12h00 e entre as 14h00 e as 16h00. “Poderão ser vistos os melhores pilotos do mundo desta modalidade e, seguramente, será um bom momento para todos os que quiserem assistir”, garante Luís Centeno Fragoso. Com esta prova está prevista a vinda de uma centena de pessoas que ficarão alojados na nossa região durante os próximos dias.

Na ocasião foi projectado um vídeo com o depoimento do mexicano Abraham Hochstrasser, campeão em título da modalidade, que está muito satisfeito em participar nesta prova na Praia da Areia Branca. Estava prevista a presença do desportista nesta conferência de imprensa mas falhou a ligação do voo entre os Estados Unidos e o nosso país.“Portugal é como se fosse a minha segunda casa. É um país maravilhoso e sinto-me muito honrado em poder participar nesta prova, depois de já ter estado em Sintra e na Nazaré, pelo que será uma presença especial”, destacou o piloto que vai competir com mais 21, todos de nacionalidade estrangeira e que virão de todos os cantos do mundo.

Já o presidente da Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Motonáutica, António Morais, elogiou o empenho manifestado pela Câmara Municipal da Lourinhã para a realização desta prova e a sua manutenção por mais dois anos. “O Município da Lourinhã tem sido de um zelo, interesse e capacidade que não são possíveis de encontrar facilmente”, destacou o dirigente associativo. Da parte de João Duarte Carvalho, enquanto presidente da Câmara Municipal, assegurou que “vamos ter uma simbiose para a promoção deste evento internacional, para o nosso concelho e para a nossa região”.

Texto e fotografia: Paulo Ribeiro/ALVORADA